Volvo testa caminhão do futuro, que tem placas solares e foi criado no Brasil

Protótipo do tipo graneleiro atuará no Centro-Oeste para avaliar tecnologias que equiparão a próxima geração de veículos

redacao-ab
Redação AB
  • 14/09/2021 - 17:35
  • | Atualizado há 4 dias, 17 horas
  • 2 minutos de leitura
    
             O caminhão-conceito usou como base um Volvo FH 6x4 rodotrem

    A Volvo anunciou que vai iniciar a fase de testes do protótipo Efficiency Concept Truck, um modelo graneleiro que foi desenvolvido pela engenharia brasileira em conjunto com as equipes da matriz.

    O caminhão-conceito foi construído sobre um Volvo FH 6x4 rodotrem, que recebeu algumas das mais avançadas tecnologias do segmento de transporte de grãos. Por isso, ele será testado levando a carga das regiões produtoras no Centro-Oeste do País para os principais portos de escoamento da safra.

    Segundo a Volvo, a empresa escolheu essa aplicação e esse local porque “o Brasil tem um dos mais competitivos agribusiness do mundo, quebrando anualmente recordes de produção de grãos, a maior parte transportada por caminhões.”

    Fabrício Todeschini, diretor de engenharia de veículos da Volvo no Brasil, diz que esse caminhão é uma espécie de laboratório sobre rodas, onde serão testadas tecnologias que chegarão aos veículos de série no futuro. “Esse é o primeiro caminhão-conceito construído no Brasil, para a realidade do transporte que temos aqui”, diz 

    Todas as inovações que foram agregadas ao veículo experimental visam reduzir o consumo de combustível, melhorar a disponibilidade de operação e aumentar a segurança durante todo o processo de utilização.

    Por isso, a aerodinâmica tem papel fundamental no projeto, o que explica as diversas alterações feitas no exterior. A cabine foi rebaixada e ficou 25 cm mais longa, além de ter recebido defletores de ar maiores, com o dobro do tamanho dos que são usados no FH convencional. 

    A dianteira também foi deslocada 17,5 cm à frente, para ganhar um formato mais aerodinâmico, e o entre-eixos foi encurtado para 3 metros, trazendo o trailer para mais perto da cabine, o que também ajuda a reduzir a resistência ao ar. 

    
             O protótipo recebeu defletores de ar maiores para melhorar sua aerodinâmica

    No lugar dos tradicionais retrovisores externos, o caminhão ganhou câmeras nas laterais, que reproduzem o vídeo do entorno em telas na cabine que são maiores do que as imagens de um espelho convencional.

    Até os menores detalhes foram levados em consideração para melhorar a eficiência energética do conjunto, como a adoção de painéis solares. A Volvo explica que este é o primeiro caminhão a ter um sistema próprio de geração de energia. Foram instalados painéis fotovoltaicos no teto para captar a luz do solar e supercapacitores no chassi, tudo para fornecer energia elétrica para os componentes eletrônicos e garantir aumento da vida das baterias tradicionais.

    Já que a economia de combustível é uma parte fundamental do projeto, o motor a diesel recebeu uma série de melhorias, com a adição da tecnologia I-Save. O sistema inclui o novo desenho dos pistões, que fazem a queima de combustível se concentrar no centro dos cilindros, para reduzir o consumo. O turbocompressor gera torque extra, permitindo ao motor trabalhar em menor rotação em velocidade de cruzeiro nas longas distâncias, uma condição ideal em graneleiros.

    O pacote de novidade chegou até à troca do óleo lubrificante, que é feita por diferença de pressão, e não por gravidade como é o habitual. O novo processo é mais rápido, limpo e seguro, de acordo com a montadora.  

    Juliane Tosin, gerente de projetos de engenharia e líder do projeto, explica que o Efficiency Concept Truck recebeu todas as inovações disponíveis no mercado para garantir o máximo de eficiência na operação de transportes de grãos. “Estamos testando diversos conceitos novos, tanto no cavalo mecânico como no implemento, com nossos parceiros. São melhorias no motor, na aerodinâmica, no gerenciamento de energia e muito mais.”

    Segundo a marca, o desenvolvimento do protótipo contou com a participação ativa de diversos parceiros estratégicos, como Randon, Hyva e Continental, que contribuíram com as soluções aplicadas no implemento, no sistema hidráulico e nos pneus.

    “Estamos muito orgulhosos em ter feito o primeiro caminhão-conceito do Brasil. É uma prova do compromisso da Volvo com os transportadores do país, sempre inovando. Vários desses conceitos vão chegar aos nossos caminhões de série no futuro, como soluções de ponta já validadas em nosso mercado, um dos mais severos do mundo”, comemora Fabrício Todeschini.