Volvo Trucks reforça esperança no Brasil

Executivos globais vêm à Fenatran e confirmam o País na rota da evolução

Por SUELI REIS, AB
  • 15/10/2017 - 11:41
  • | Atualizado há 2 months
  • um minuto de leitura
    Para a 21ªedição da Fenatran, Salão Internacional do Transporte de Cargas, o maior do gênero na América Latina, a Volvo Trucks trouxe seus dois maiores executivos globais cujos discursos alinhados reforçam a crença da companhia no mercado brasileiro e latino-americano. Na abertura da feira à imprensa, no domingo, 15, no São Paulo Expo, o anfitrião, presidente da empresa para a América Latina, Wilson Lirmann, destacou o potencial do mercado doméstico após três anos de queda consecutiva nas vendas de caminhões, que abalou principalmente o segmento pesado, o qual a montadora atua, mas observa que agora o setor têm vários indicativos e indicadores de que a retomada já começou.

    “Acreditamos em um crescimento de 20% das vendas totais de caminhões no Brasil acima de 16 toneladas”, disse Lirmann, apontando também para recuperações importantes em outros mercados da região, como Argentina, Chile e Peru. “As vendas na Argentina cresceram de 10 mil para 16 mil caminhões entre 2016 e 2017 e deve continuar assim em 2018”, completou.

    Ao lado de Lirmann, Martin Lundstedt, CEO global do Grupo Volvo, e Claes Nilsson, da área de estratégia comercial da Volvo Trucks na Suécia, confirmaram que o País é um grande receptor de novas tecnologias para o setor de transporte e que há por aqui muitas oportunidades para a nova revolução em termos de produtos para o segmento, que vai seguir duas principais tendências: automação e conectividade. “Nos próximos cinco a dez anos vamos ver mais mudanças do que nos últimos quinze anos”, disse Martin, acrescentando que a companhia investe mais de US$ 12 bilhões por ano em pesquisa e desenvolvimento de produtos e serviços.

    Por sua vez, Claes, que foi antecessor de Lirmann na presdiência da Volvo Trucks no Brasil, destacou a atuação do primeiro caminhão autônomo no País, baseado no modelo VM e desenvolvido pela equipe de engenheiros no Brasil e que já roda para serviços no setor agrícola. “Estamos na vanguarda da indústria em termos de conectividade e automação; estamos apenas ‘arranhando’ a superfície da evolução tecnológica. A conectividade nos permitirá chegar à automação e isto já está disponível para a América Latina com o primeiro caminhão autônomo desenvolvido aqui.”

    Ambos reforçaram a esperança e crença que a empresa deposita nos mercados do Brasil e da América Latina, apontando que muitas das operações líderes em vendas do grupo estão nas Américas.

    “As boas perspectivas para o continente estão de volta. Espero que esta Fenatran seja uma semana cheia de negócios”, completou Lundstedt.

    Durante a feira, a empresa mostrará 11 caminhões de sua gama atual de produtos, entre eles a edição especial limitada do FH Performance Edition, que dá início a comemoração de 90 anos da Volvo Trucks; o lançamento do assistente de direção para operações do setor de cana-de-açúcar, o primeiro caminhão autônomo desenvolvido no Brasil, novos pacotes de segurança da linha F, além de novidades para a área de serviços conectados e garantia de 24 meses para peças.

    A cobertura de Automotive Business é patrocinada por Carcon Automotive e Automechanika Frankfurt.