GM busca cinco estrelas com Onix Plus na avaliação do Latin NCAP

A simulação de colisão do novo Onix Plus pelo Latin NCAP: cinco estrelas, nota máxima

Por PEDRO KUTNEY, AB | De Landsberg (Alemanha)
  • 12/09/2019 - 20:33
  • | Atualizado há 2 months
  • 3 minutos de leitura

    Com o Chevrolet Onix Plus a General Motors adotou uma estratégia de segurança mais construtiva para seus carros produzidos no Brasil. Em vez de seguir negando o baixo nível de proteção ao motorista e passageiros da versão hatch do modelo, avaliado pelo Latin NCAP com zero estrela nos testes de colisão promovidos em 2017, a GM decidiu fazer um veículo com estrutura melhorada, além de incluir de série para toda a linha seis airbags (frontais, laterais e cortina) e controle eletrônico de estabilidade (ESC). Com isso, em novas simulações de acidentes realizadas ao longos das últimas duas semanas nas instalações da ADAC em Landsberg, na Alemanha, o novo sedã sucessor do Prisma ganhou cinco estrelas para proteção de ocupantes adultos e infantis, a nota máxima conferida pela entidade em seus crash tests e aferições de sistemas de segurança ativa.

    “O Onix Plus mostrou boa proteção estrutural, sem riscos para os ocupantes nos impactos frontal e lateral, com baixa penetração na cabine do veículo. A adoção de seis airbags e ESC de série para todas as versões também garantiram um notável desempenho de segurança. É o resultado mais importante dos nossos testes nos últimos quatro anos, pois a linha Onix é a mais vendida do Brasil e da América Latina, o que multiplica os efeitos da sua segurança”, afirmou Alejandro Furas, secretário geral do Latin NCAP.



    Além dos airbags e ESC, o novo Onix incorporou outro item caro à avaliação do Latin NCAP: sistema de lembrete de uso de cinto de segurança para todos os cinco ocupantes do veículos, na frente e atrás (a maioria dos carros no Brasil só tem alerta para o desacoplamento do cinto do motorista). O sedã também mostrou bom desempenho em um possível atropelamento, absorvendo no capô flexível o choque simulado de uma cabeça. Por isso acrescentou às suas cinco estrelas o Latin NCAP Advanced Award, que premia veículos mais amigáveis aos pedestres e que adotam sistemas de segurança ativa.

    EMPURRADO DO ZERO AO MÁXIMO



    Em apenas dois o Onix foi de zero a cinco estrelas porque houve planejamento para isso. Em vez de seguir criticando os protocolos da Latin NCAP, a GM abriu diálogo com a entidade, ajustou para cima o nível de segurança da nova geração der seu carro mais vendido na região, patrocinou mais uma bateria de testas e hoje até usa o resultado positivo como peça de marketing no lançamento oficial da nova linha Onix na quinta-feira, 12. Agora pode dizer que oferece o carro mais seguro da categoria. “Nosso objetivo é empurrar as montadoras a oferecer mais proteção aos clientes. O novo Onix Plus comprova que isso é possível”, destacou Furas.

    Nos testes patrocinados, é a fabricante que convida o Latin NCAP a fazer o teste de determinado modelo e paga todos os custos do processo, que começa com a escolha aleatória de um carro no pátio da fábrica, para evitar “preparações” para as simulações. A GM iniciou as conversas com a Latin NCAP há cerca de dois anos, período que aumentou bastante a milhagem aérea entre Brasil e Alemanha do engenheiro Gilvan Prada Rossi, gerente de integração de segurança veicular da GM América do Sul. Nas últimas três semanas, ele ficou em Landsberg para acompanhar de perto todos os testes.


    Gilvan Rossi (direita), engenheiro de segurança da GM, acompanhou ao lado de Alejandro Furas os testes do Latin NCAP com o novo Onix Plus nas instalações da ADAC em Lansdsberg, Alemanha (Foto: Pedro Kutney)

    “Quando iniciamos o projeto da nova geração do Onix, há cerca de três anos, fizemos tudo para que o novo carro pudesse adotar os mais altos padrões de segurança. Por isso consideramos essa evolução natural”, conta Gilvan Rossi.



    O engenheiro da GM afirma que já esperava o bom desempenho do Onix Plus nos testes feitos em Landsberg, pois eles repetiram aquilo que já havia sido aferido pela montadora em simulações internas realizadas nas instalações do seu Campo de Provas de Cruz Alta, em Indaiatuba (SP). Sem revelar muitos detalhes, pelo mesmo motivo Rossi afirma que é possível antecipar o mesmo resultado de cinco estrelas para quando a versão hatch do novo Onix for testada pelo Latin NCAP na Alemanha, admitindo que a GM já negociou o patrocínio do teste dessa derivação do carro, que só chega ao mercado em novembro.

    “Este novo e bom resultado confirma que, se proposto, os fabricantes podem oferecer veículos populares com uma classificação máxima de segurança. Parabenizamos a GM por sua reação em melhorar em dois anos o modelo mais popular da região de zero a cinco estrelas. Esperamos que essa mudança seja vista em toda a frota de modelos que a Chevrolet vende na região, afirmou Ricardo Morales, presidente da comissão diretiva do Latin NCAP.



    Assista o vídeo do crash test do novo Onix Plus na ADAC em Landsberg



    Assista o vídeo do teste do controle de estabilidade (ESC) do Onix Plus



    Assista a simulação de choque da cabeça de um pedestre no capô do Onix Plus