Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Meio Ambiente | 15/03/2011 | 06h28

Nova explosão em reator de usina nuclear japonesa

Japão pediu ajuda da Agência Internacional de Energia Atômica.

Agência Brasil e BBC Brasil

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Carolina Pimentel, Agência Brasil, e BBC Brasil

A Agência de Segurança Nuclear e Industrial do Japão informou que uma nova explosão no reator 2 da Usina Nuclear de Fukushima foi ouvida no fim da tarde desta segunda-feira (horário do Brasil), de acordo com notícia divulgada pela emissora pública de televisão e rádio japonesa NHK.

Pela manhã uma explosão já havia ocorrido no reator número 3 da usina, deixando 11 pessoas feridas, segundo informações da BBC Brasil.

A explosão do fim da tarde desta segunda-feira, 14, na Usina Nuclear de Fukushima, é a terceira desde o terremoto e o tsunami que devastaram o Nordeste do Japão, na sexta-feira, 11. A primeira explosão atingiu o reator 1 no sábado.

Ajuda da AIEA

O governo japonês pediu nesta segunda-feira à Agência Internacional de Energia Atômica o envio de uma equipe de peritos, após as explosões registradas em uma usina nuclear.

O nível de água de um dos reatores da usina baixou consideravelmente nesta segunda-feira, impedindo o resfriamento do combustível. Equipes da Tokyo Electric Power estão adotando medidas como injetar água do mar no reator número 2 da usina para evitar o superaquecimento da instalação, que está com as barras de combustível totalmente expostas.

Milhões sem comida e energia

Milhões de pessoas nas áreas mais afetadas pelo terremoto que ocorreu na Região Nordeste do Japão permanecem sem água, comida, eletricidade e gasolina há quatro dias. Segundo a agência de notícias Kyodo News, mais de 500 mil pessoas estão desabrigadas em consequência do terremoto e do tsunami que atingiram o país na sexta-feira, 11.

As redes de comunicação ainda estão fora do ar em muitas áreas, impedindo que as pessoas possam se comunicar com seus parentes dentro e fora do país. Filas quilométricas se formam em supermercados e postos de gasolina para conseguir suprimentos. Nos abrigos improvisados, milhares de pessoas sofrem com as baixas temperaturas do inverno.

A companhia de energia Tokyo Electric Power (Tepco) deu início aos cortes de eletricidade planejados em áreas próximas à capital, para evitar blecautes. Estima-se que 45 milhões de pessoas em Tóquio e em outras oito províncias serão afetadas pelos cortes.



Tags: Segurança nuclear, terremotos, energia, NHK, Fusushima.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência