Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado e Negócios | 16/02/2011 | 18h04

Peugeot concentrará compactos no Brasil

Montagem de médios será feita na Argentina.

Glauber Gonçalves, Agência Estado

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Glauber Gonçalves, Agência Estado

A PSA Peugeot Citroën anunciou ontem que a partir de 2014 migrará toda a sua produção de veículos médios na América Latina para a Argentina e centrará a fabricação de compactos no Brasil. Com isso, o presidente do grupo para o Brasil e a América Latina, Carlos Gomes, acenou com a possibilidade de uma nova versão do Peugeot 207, hoje produzido no país vizinho, passar a ser fabricada aqui.

Segundo o executivo, a medida visa a aumentar a eficiência das unidades e criar melhores condições de negociação com fornecedores. "Com mais plataformas, a complexidade industrial aumenta e a qualidade não é tão boa, porque há mais processos industriais envolvidas", explica.

A definição de que tipo de veículos será produzido em cada país levou em conta as especificidades de cada mercado. "O segmento B pesa 72% no Brasil. É aqui que está o mercado dos carros compactos", afirma. Por outro lado, diz o executivo, na Argentina o mercado dos segmentos médios é maior. Hoje a empresa fabrica sete modelos no país vizinho, dos quais dois são compactos. No Brasil, apenas um dos oito modelos é médio.

Detentor de uma fatia de 5,2% do mercado brasileiro e de 5,4% do latino-americano, o grupo pretende chegar a uma participação de 7,5% na região em 2014. A empresa já aprovou o aumento da capacidade da planta de Porto Real, no interior do Rio de Janeiro, de 150 mil para 220 mil veículos por ano a partir de fevereiro de 2012. No ano passado, foram produzidos 140 mil veículos, um aumento de 26% ante 2010.

O plano de investimentos 2010-2012 prevê 700 milhões de euros para a América Latina. A partir daí, o planejamento ainda está em aberto. Embora a planta fluminense possa ser expandida até 300 mil veículos por ano, vai ter que disputar um novo investimento em ampliação com a unidade argentina. A empresa vai definir até setembro onde os recursos serão aportados.



Tags: PSA Peugeot Citroën, PEugeot, Citroën, fábrica, produção, Argentina, Porto Real.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência