Automotive Business
  
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado e Negócios | 06/02/2011 | 23h09

iPhone 4 desaparece do mercado brasileiro

Produto está em falta desde dezembro, nas lojas e internet.

Agência Estado

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Alexandre Mello, Estadão

Em épocas de alto consumo, como no Natal, um aparelho cobiçado como o iPhone 4 se torna item difícil de encontrar. Mais de um mês depois das festas de fim de ano, porém, achar o smartphone da Apple continua a ser uma missão quase impossível.

A reportagem do Estado consultou 12 lojas em shopping centers como Bourbon, Morumbi, Pátio Higienópolis, Villa Lobos, Ibirapuera, Anália Franco e Eldorado. Em nenhuma delas o aparelho foi encontrado. O discurso dos vendedores é sempre o mesmo: "Está em falta desde dezembro e não existe previsão de chegada".

Na Commcenter do Pátio Higienópolis, a lista de espera já chegou a 150 nomes e a loja não está cadastrando mais ninguém. Segundo um funcionário, "chegam apenas cinco a dez aparelhos por vez", sem nenhuma periodicidade.

Na loja TIM do Shopping Bourbon, o vendedor até brincou. "Se descobrir onde tem, me avisa que eu também quero comprar".

Contatada, a assessoria da Apple disse que a empresa não se pronuncia sobre este assunto.

Operadoras Nas lojas virtuais das principais operadoras, o produto também não está disponível. De acordo com a TIM, faltou iPhone no Natal e ainda está sendo feito um esforço para atender aos clientes que se cadastraram na fila de espera.

A assessoria da Vivo, por sua vez, afirma que, ao chegarem, "os smartphones estão sendo imediatamente enviados para as lojas e esgotam rapidamente". Ainda assim, disse que a operadora não pretende aumentar os preços dos produtos: de R$ 549 a 1.799 para modelo de 16 GB (de acordo o plano) e de R$ 849 a R$ 2.099 para o modelo de 32GB.

Somente a Claro alegou que a comercialização está dentro do previsto. "Em algumas lojas onde o iPhone4 esgotou, o estoque será reabastecido. Quem não encontrar o smartphone em nossas lojas pode colocar o nome na lista de espera e será contatado com prioridade", informou a operara, em nota. A empresa não soube especificar, no entanto, quantas lojas estão sem o produto, qual é a previsão de chegada e qual o tamanho da fila de espera.

Já a operadora Oi, informou que os estoques de algumas lojas se esgotaram, mas tem indicado um site, o www.oiequipamentos .com.br, aos clientes mais angustiados. "Não sei se o site ainda conta com o produto, mas tem sido uma opção", explicou a assessora.

Mais demanda. Nos Estados Unidos, está previsto para a próxima quinta-feira, 10, o início das vendas do iPhone 4 pela operadora Verizon, acabando com o contrato de exclusividade que a Apple tinha com a operadora AT&T, desde o lançamento do primeiro iPhone, em 2007. Segundo analistas de mercado, a empresa de Steve Jobs deve ganhar mais 12 milhões de usuários, que pretendem migrar para o iPhone 4.

Entre os motivos apontados para essa mudança na estratégia da Apple estão também as críticas ao serviço e ao sinal da AT&T e a necessidade de barrar o crescimento do concorrente Google Android, o qual teria praticamente conquistado todas as outras operadoras, que não podiam vender iPhone.

Lançado em junho de 2010 nos Estados Unidos, o iPhone 4 foi um sucesso de público, chegando a nada menos que 1,7 milhões de unidades vendidas apenas nos três primeiros dias. (Colaborou Isadora Peron).



Tags: iPhone, Apple, TIM, Vivo, Claro.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência