Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Caminhões e Ônibus | 25/01/2011 | 13h08

Altavilla assume o comando da ACEA

Presidente da Iveco quer renovação de frota na Europa.

Redação AB

Redação AB

Alfredo Altavilla, presidente mundial da Iveco desde novembro, vai comandar o conselho da divisão de veículos comerciais da ACEA -- Associação dos Fabricantes Automotores da Europa em 2011.

"Estou ansioso para continuar a intensificar o nosso diálogo com as instituições europeias, em nome dos fabricantes de caminhões e dos fabricantes de ônibus sediados na Europa. Será um grande desafio", comentou Altavilla explicando que a entidade buscará medidas que ajudem a recuperar o mercado europeu de veículos comerciais, seriamente afetado pela crise financeira e econômica de 2009, com reflexos que perduram até hoje. “Nosso setor foi duramente atingido e serão necessários alguns anos para retornarmos ao período de pré-crise", completa.

Em 2010, a produção de veículos pesados na Europa ficou bem abaixo dos níveis de 2008. A situação continua difícil, especialmente no leste e sul do continente, enquanto em outras partes, da mesma forma que nos Estados Unidos, o panorama é um pouco mais animador. "As autoridades políticas fazer uso de todos os meios para assegurar um quadro favorável aos negócios na Europa", diz Altavilla. Uma das medidas a serem consideradas, segundo ele, é um programa de renovação da frota. “Com isso, a indústria poderia contribuir para melhorar o desempenho ambiental do transporte rodoviário e também para a melhoria da segurança rodoviária", diz Altavilla.

Altavilla

Alfredo Altavilla, 47 anos, começou a trabalhar na Fiat Auto em 1990 e foi responsável pelo departamento de Desenvolvimento de Negócios até 2001. Posteriormente, tornou-se responsável pela Gestão de Alianças do Grupo Fiat. Em setembro de 2004, foi nomeado presidente da FGP (joint-venture entre Fiat e GM Powertrain) e vice-presidente sênior de desenvolvimento de Negócios da Fiat Auto.

Em novembro de 2006 foi nomeado CEO da Fiat Powertrain Technologies e tornou-se membro do Conselho Executivo do Grupo Fiat. Em julho de 2009, entrou para o Conselho de Administração da Chrysler Group LLC e em outubro de 2009 foi nomeado vice-presidente executivo de eesenvolvimento de negócios do Grupo Fiat.

Comerciais

Dados da ACEA indicam que a indústria de veículos comerciais emprega 1,5 milhão de pessoas direta e indiretamente. Segundo a entidade, os fabricantes de veículos comerciais estão investindo em alternativas que garantam a segurança rodoviária e a redução das emissões. Os aportes da indústria automotiva europeia para estar adequada aos requisitos da nova Lei de Emissão Euro 6 estão na casa de € 6 bilhões a € 8 bilhões.

Segundo ainda a ACEA, as emissões de poluentes como o óxido de nitrogênio e de partículas, já tinham sido reduzidas em até 85% e 95%, respectivamente, desde o final de 1980. Outra prioridade local é a melhoria do combustível e da eficiência energética, com a redução global nas emissões de CO². A indústria de veículos comerciais reduziu o consumo de combustível dos seus produtos em mais de um terço desde a década de 1970. O progresso nesse campo continua por meio dos motores de combustão melhorada, caminhões e ônibus híbridos e pelo uso de combustíveis alternativos.

Foto: Alfredo Altavilla, presidente mundial da Iveco, agora comanda a ACEA.



Tags: ACEA, Iveco, Alfredo Altavilla, FPT Powertrain.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência