Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Marketing e Lançamentos | 05/11/2010 | 18h06

Peugeot vai exportar 60% da produção do 408

Fabricado na Argentina, principal mercado do modelo será o Brasil.

Giovanna Riato, Automotive Business

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social



Giovanna Riato, AB

A PSA Peugeot Citroën inaugurou a linha de produção do 408 na fábrica de Palomar, na Argentina. O modelo já é comercializado na China e chega ao mercado argentino e brasileiro a partir do primeiro trimestre de 2011. A marca pretende montar 38 mil unidades por ano, com cerca de 60% deste volume destinado a atender apenas a demanda nacional.

“Os carros terão algumas diferenças para cada mercado”, explica o executivo. Entre elas está a motorização que no Brasil será flex, com bloco brasileiro. O modelo também substituirá a versão sedã do 307 mas, por enquanto, a configuração hatchback continua sendo produzida.

A expectativa para a novidade é grande, Carlos Gomes, presidente do grupo para o Brasil e América Latina, aponta que o modelo atenderá ao segmento de carros médios, que está em expansão no Brasil. O 408 integra a estratégia de avanço mais agressivo no mercado nacional, onde a companhia começa a registrar um aumento de market share, que está em torno de 5,5%.

A projeção é avançar entre 10% e 11% no País em 2010, crescimento em ritmo acima do mercado, que deve ter alta de 8% de acordo com projeção da Anfavea. O presidente da companhia ainda não divulga qual é a expansão esperada para o próximo ano mas garante que não há números pequenos quando o assunto é o Brasil. “Queremos crescer mais que em 2010”, determina.

A jornalista viajou a convite da PSA Peugeot Citroën.



Tags: PSA, Peugeot, Citroën, 408, Palomar, Porto Real, Carlos Gomes, produção.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também