Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Automóveis e Comerciais Leves | 25/10/2010 | 18h36

SLS AMG GT3 anima o show da Mercedes

Superesportivo é atração no Salão do Automóvel.

Marcelo de Paula, Automotive Business

Marcelo de Paula e Paulo Ricardo Braga

A apresentação aos jornalistas dos modelos que a Mercedes-Benz levou ao Salão do Automóvel de São Paulo, nesta segunda-feira, 25, pode ser traduzida como um show de design e tecnologia. O presidente Jürgen Ziegler enfatizou que o Classe S 400 Hybrid, com um motor de combustão interna e dois elétricos, foi o primeiro veículo do gênero comercializado no Brasil. Os carros eram anunciados pelo vice-presidente de vendas Joachim Maier e guiados do palco à platéia como verdadeiros astros, assediados por batalhões de fotógrafos.

A aparição do SLS 63 AMG GT3, com o potente motor de 8 cilindros ecoando pelo Anhembi, fez furor entre os presentes, evocando a adrenalina que provoca nas pistas. O carro é preparado pela AMG, divisão esportiva da marca, e se prepara para competir na próxima temporada do campeonato Gran Tourism com o famoso design asas de gaivota. Feito em fibra de carbono, ele vai a mais de 300 km/h.

O motor que faz o modelo de competição voar é o AMG V8 6,3 litros. Como previsto pelas regras da Federação Internacional de Automobilismo para o GT3, o propulsor da versão de pista é praticamente idêntico ao veículo projetado para as ruas -- com o peso reduzido, o carro mostra desempenho ainda superior. Em 3,8 segundos o carro vai de 0 a 100 km/h e pode ultrapassa os 300 km/h.

O conceito Shooting Break, que serviu de inspiração para o desenvolvimento da nova geração da Classe CLS (apresentada no Salão de Paris de 2010) também fez sucesso com o design ousado. O desenho frontal é novo, mas mostra influências do SLS AMG. Na grade do radiador está o símbolo da estrela de três pontas. A iluminação foi aprimorada com o uso de lâmpadas de led nos faróis e lanternas.

A meta de desenvolver um motor a combustão mais eficiente e ao mesmo tempo altamente econômico foi destacada pelos executivos da Mercedes-Benz com os novos propulsores sob o capô dos modelos da Classe C (180, 200 e 250), que trazem também a tecnologia BlueEfficiency, com recursos para diminuir a emissão de poluentes. A tecnologia da injeção direta de gasolina está presente no motor 1.8 de 4 cilindros CGI. O C 180 CGI está à venda por R$ 115 mil no Brasil, com sistema de injeção direta e turbocompressor.

O smart grey style (que pesa 750 kg e traz motor de 71 cavalos, com a tecnologia micro hybrid drive, com um gerador que substitui o sistema alternador mais motor de partida) certamente vai atrair a atenção do público durante o Salão, ao lado do conversível Classe E-Cabrio.

Foto: Jürgen Ziegler, presidente da Mercedes-Benz, no Salão do Automóvel.



Tags: Mercedes-Benz, SLS AMG GT#, C 180 CGI, S400 Hybrid, elétrico, híbrido.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência