Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Combustíveis | 01/10/2010 | 10h05

Produção de biodiesel no Brasil deve crescer 50%

Previsão é alcançar 2,4 bilhões de litros este ano.

Agência Estado

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Agência Estado

A produção brasileira de biodiesel deve crescer 50% em 2010 em relação a 2009, alcançando 2,4 bilhões de litros. A informação e os avanços do mercado de biodiesel no Brasil foram apresentados, nesta quinta-feira, 30 de setembro, pelo secretário de Produção e Agroenergia do Ministério da Agricultura (MAPA), Manoel Bertone, no I Seminário Internacional Universidade-Sociedade-Estado, que está sendo realizado em Buenos Aires, na Argentina.

Durante o encontro, representantes de governo e acadêmicos da Argentina, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai vão discutir as políticas públicas adotadas para impulsionar o uso de energias renováveis.

De acordo com o secretário, o programa brasileiro de biodiesel, com apenas cinco anos, já mostra resultados expressivos. A produção do biocombustível saiu de 732 mil litros, em 2005, para 1,6 bilhão de litros, em 2009. "O governo criou condições e o mercado respondeu bem. Por isso, conseguimos antecipar em três anos o porcentual da mistura obrigatória de 5% de biodiesel ao diesel, o B5", explica.

Outro ponto que será abordado é a diversificação de matérias-primas para produção do biocombustível, apontada por Bertone como essencial para a promoção do desenvolvimento regional, um dos focos centrais do programa brasileiro. O biodiesel é feito, principalmente, a partir de soja, sebo bovino e caroço de algodão, produtos mais competitivos. A palma de óleo (dendê), oleaginosa mais produtiva do mundo, é apontada como outra alternativa. Cada hectare de palma rende até cinco toneladas de óleo, enquanto a soja alcança em torno de 500 quilos de óleo por hectare.

O secretário lembra que, para incentivar a produção de palma de óleo, o governo federal lançou, em maio, o Programa de Produção Sustentável da Palma de Óleo no Brasil, que indica áreas aptas para o cultivo, oferece linhas facilitadas de crédito e define investimentos em pesquisa e desenvolvimento da cultura. Até 2011, o governo vai aplicar R$ 60 milhões em melhoramento genético, ampliação da capacidade de produção de sementes e estabelecer parcerias internacionais com centros de excelência em palma de óleo. O I Seminário Internacional Universidade-Sociedade-Estado, termina amanhã, sexta-feira, 1º de outubro.



Tags: biodiesil, biocombustível, combustível, MAPA, agroenergia.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência