Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

| 16/08/2010 | 00h00

Eaton investe também em energia e hidráulica

Empresa deve fabricar E-Locker no Brasil.

Automotive Business

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Redação AB

A Eaton, conhecida pela atuação como fabricante de transmissões e embreagens para veículos leves e pesados, quer ampliar a presença nas áreas de energia e hidráulica no Brasil. A empresa pretende estimular os negócios nos outros dois segmentos em que atua, aproveitando os grandes projetos de infraestrutura e construção civil.

Patrick Randrianarison concentra há três meses a presidência das operações na América do Sul e do grupo de componentes automotivos (Vehicle Group) na região. Ele trabalha para ampliar a oferta de sistemas no país, o que pode incluir a produção de novos itens nas fábricas locais. "Queremos que todas as divisões cresçam no Brasil. Vamos enfatizar que os nossos sistemas de energia e hidráulica são eficientes", afirma o executivo.

Randrianarison esclarece que a Eaton deverá aportar no país, até 2015, pelo menos o mesmo valor aplicado nos últimos cinco anos, no patamar dos US$ 130 milhões. “Os recursos serão direcionados sobretudo à área de tecnologia e desenvolvimento de produtos específicos ou adaptação de itens, já comercializados em outros mercados, à realidade sulamericana. Na área de transmissão e embreagem o foco será reforçar o papel da operação brasileira como centro mundial de excelência”, destaca.

No segmento de peças para automóveis e caminhões a Eaton planeja crescer pelo menos no mesmo ritmo do mercado. "Apesar da meta, nosso foco não está em volume, mas, sim, em tecnologia", ressalta o executivo.

Entre 2011 e 2012 a empresa poderá passar a fabricar no país o sistema E-Locker, que permite o bloqueamento de rodas ao toque de um botão e equipa com exclusividade o Palio Adventure Locker, da Fiat. "Estamos negociando com duas montadoras. Se houver volume, vamos fabricar aqui", diz ele. Hoje, o sistema é importado do México.

No ano passado, o faturamento da Eaton na América Latina foi de aproximadamente US$ 1 bilhão, a maior parte gerada pelo Brasil.

Foto: Patrick Randrianarison, da Eaton.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência