Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

| 16/08/2010 | 00h00

Seminário AEA debateu segurança no trânsito

Uso da cadeirinha para crianças foi um dos temas polêmicos.

Automotive Business

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Redação AB

Temas polêmicos e de interesse público foram abordados no seminário Os Novos Desafios da Engenharia de Segurança Veicular, organizado pela Associação de Engenharia Automotiva dia 10 de agosto, no Millenium Centro de Convenções, em São Paulo.

A palestra de abertura “A Correta Utilização do ABS – Segurança Ativa e suas Utilizações”, de Carlos Gilbran, gerente de marketing da Bosch, esclareceu como os freios ABS funcionam e a maneiras corretas de usar o componente. “Nada de se assustar quando ocorrer uma leve vibração no pedal. É sinal de que o sistema precisou ser acionado. Outra orientação é nunca bombear o pedal de freio, o motorista precisa pisar firme e deixar com que o ABS atue de acordo com a situação”, explicou.

A obrigatoriedade de airbags para motorista e passageiro nos veículos produzidos no Brasil a partir de 2014 foi discutida nas palestras de Oliver Schulze, gerente de engenharia e desenvolvimento da Takata, e José Antonio Oka, supervisor de segurança viária do Cesvi Brasil.

Para atender à nova legislação, a Takata afirmou que busca soluções para reduzir o tamanho e o peso da bolsa e baratear o sistema de segurança. Já o supervisor do Cesvi mostrou uma pesquisa realizada em 2008 comprovando a eficiência do airbag. “Se o equipamento de segurança estivesse disponível na frota nacional, 490 fatalidades e 10 mil feridos seriam evitados por ano” – assegurou. O tema “O Futuro do Air Bag no Brasil” foi alvo de debate coordenado pelo jornalista Fernando Calmon.

Você sabia que a primeira motocicleta surgiu em 1867 e era dotada de um propulsor de 2 cilindros a vapor? E que no Brasil, a primeira motocicleta fabricada foi uma Monark com motor BSA Lambretta? Quem contou isso foi Moacyr Alberto Paes, diretor executivo da Abraciclo, que tratou de tecnologia de segurança em motocicletas como o tuff up -- líquido selado na câmara de ar do pneu traseiro que retarda o esvaziamento em caso de perfuração.

Na palestra “Sistema de Simulação de Impactos Veiculares”, de Jüergen Kräemer, gerente de produto de Simuladores de Carros Trenó, foi mostrado como funcionam os testes realizados com os carros sobre trilhos. O diretor da Carhs Training, Rainer Hoffman, enfatizou a importância do New Car Assessment Program, crash test que avalia a segurança dos veículos.

Cerca de 10% do mercado de peças de reposição é pirateado. O número foi colocado em pauta na palestra “Peça Pirata – Sua segurança em Risco”, de Antonio Carlos Bento de Souza, do Sindipeças, que mostrou o funcionamento do mercado de autopeças no Brasil.

“A importância do cinto de três pontos para o passageiro” foi o tema abordado por José Celso Mazarin, da Chris Cintos. Além de enfatizar que todos os ocupantes do bancos de trás do veículo devem ser transportados usando cinto de três pontos, o especialista reforçou a importância do pré-tensionador.

“Veículos e Dispositivos de Retenção para Crianças – Conflitos e Soluções” foi o tema polêmico avaliado por Celso Arruda, professor de engenharia mecânica da Unicamp; Roberto Guimarães, da Galzerano, fabricante de cadeirinhas, e Alessandra Françoia, coordenadora nacional da ONG Criança Segura – Safe Kids Brasil. A lei que entra em vigor em setembro e obriga o uso de bebê conforto (até um ano de idade), de cadeirinha para crianças de 1 a 4 anos de idade e de booster (elevação de assento para a faixa de 4 a 7,5 anos) gerou controvérsia, já que cintos de três pontos mais curtos não permitem a fixação e cintos de dois pontos não prendem com segurança a cadeirinha no veículo.

O sistema Isofix, que proporciona vínculo estrutural seguro e rápido entre a cadeirinha de criança e a carroçaria do veículo, está disponível em um poucos carros da frota nacional. O tema ainda gerou um debate ministrado pela jornalista e apresentadora do programa Auto Esporte, Silvia Garcia, e contou com a participação da médica do tráfego da Abramet (Associação Brasileira de Medicina de Tráfego), Rita Moura, e de Marcos Vinicius, da Fiat Automóveis.

A importância de um laboratório independente de tecnologia automotiva foi ressaltada pelo general Edival Ponciano Carvalho e pelo coronel Marcello Alvez de Souza.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência