Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

| 12/08/2010 | 00h00

Embraer entrega Legacy 650 no quarto trimestre

Jato custará US$ 29,5 mi e será apresentado esta semana.

Michelly Chaves Teixeira, Agência Estado

A primeira entrega do Legacy 650 deve acontecer no último trimestre deste ano, afirmou nesta quarta-feira, 11, o vice-presidente executivo para Aviação Executiva da Embraer, Luís Carlos Affonso. Na projeção de 137 entregas de jatos executivos em 2010, dos quais 17 são Legacy e Lineage, linhas de maior porte, ele já considera o modelo 650, lançado em outubro de 2009. "Nos próximos meses receberemos as certificações necessárias", afirmou há pouco a jornalistas.

O Legacy 650, que deverá custar US$ 29,5 milhões, está sendo apresentado pela primeira vez ao público esta semana na Labace (Latin American Business Conference and Exhibition), que acontece em São Paulo.

Affonso preferiu não dizer quantas ordens firmes existem para este avião, que pertence ao segmento large. Destacou, porém, que das grandes aeronaves que a Embraer tem no portfólio para o mercado executivo, "este será o modelo que será entregue em maior quantidade". Conforme o vice-presidente, "nos próximos dois anos, serão vendidos mais jatos 650 do que a versão 600", já no mercado.

Ele aproveitou para dizer que o modelo 600 não sairá de linha com o lançamento do 650. Segundo Affonso, tirando o alcance superior do Legacy 650, de 3.900 milhas náuticas ou 7.223 km, a versão anterior será equivalente e, para isso, ganhará aperfeiçoamentos tecnológicos.

Meta de vendas

Ainda que projete um cenário menos nebuloso para a aviação executiva no mundo, a Embraer decidiu manter suas expectativas para este mercado. A fabricante espera faturar US$ 1,1 bilhão em 2010 com estes produtos, alta de 22% ante a cifra arrecadada com aviões executivos no ano passado.

Segundo o vice-presidente executivo para Aviação Executiva da Embraer, Luís Carlos Affonso, a meta para 2010 continua sendo a de entregar 137 jatos, sendo 120 Phenom e o restante das linhas Legacy e Lineage, de maior porte.

Em 2009, foram entregues 127 jatos executivos, dos quais 110 eram Phenom. "No ano passado, entregamos só um Phenom 300, agora o mix de aviões mais caros vai aumentar, o que trará um incremento à receita."

As projeções foram mantidas a despeito da melhora das expectativas da Embraer para a aviação executiva no mundo. A empresa estimava, no começo do ano, que este segmento movimentaria US$ 14 bilhões ao redor do globo em 2010. Agora, espera que tal mercado gire até US$ 16 bilhões.

"Mesmo assim, a estimativa para as nossas vendas é muito positiva, pois representa alta, enquanto o mercado como um todo deve se contrair, já que as vendas globais em 2009 foram de US$ 17 bilhões", explicou. Somente após 2012 é que este mercado voltará a crescer. "Em 2012 as vendas no mundo ainda devem ficar estáveis", completou.

Phenom

Durante coletiva de imprensa, Affonso comemorou a aceitação dos jatos executivos Phenom no Brasil. Conforme o executivo, já há 47 aviões dessa categoria voando no País, onde a primeira entrega do modelo ocorreu em junho de 2009. No mundo, há 150 jatos Phenom em operação.

Affonso destacou, também, que desde já tem 150 vendas de Phenom fechadas para a América Latina, sendo 75% para o Brasil. Deste total, 60 aviões já foram entregues.

Fonte: Michelly Chaves Teixeira, Agência Estado.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência