Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

| 27/07/2010 | 00h00

Chrysler utilizará NX, da Siemens PLM, em projetos

Montadora já utilizava o Teamcenter como plataforma PLM.

Automotive Business

A Siemens PLM Software anunciou que o Grupo Chrysler escolheu o software NX para desenvolver seus veículos. A montadora já vinha utilizando o TeamCenter, da mesma família, como solução corporativa para gerenciamento do ciclo de vida do produto.

Scott Kunselman, vice-presidente sênior de engenharia da fabricante norte-americana e responsável pelos modelos Chrysler, Dodge, Jeep, Ram Truck e Mopar, entende que a nova ferramenta contribuirá para acelerar a criação de projetos, com melhor qualidade.

Tony Affuso, chairman e CEO da Siemens PLM Software, unidade de negócios da divisão Siemens Automação Industrial especializada em software e serviços para o gerenciamento do ciclo de vida do produto (PLM), enfatizou que o NX e Teamcenter são plataformas abertas para a indústria automotiva, permitindo a integração com soluções específicas.

Affuso explicou que as tecnologias da Siemens PLM são utilizadas pela indústria automotiva e seus fornecedores para planejar, criar e validar o desenvolvimento e a fabricação dos veículos: “As ferramentas permitem gerenciar em colaboração as complexas funções de engenharia e da cadeia de suprimento, em tempo real.”

Automotive Business participou do lançamento da nova versão HD do NX, apresentada por Affuso no hotel Sheraton em Dallas, nos Estados Unidos, dia 28 de junho. O software foi destacado como uma resposta à necessidade de tomar decisões mais precisas, com alto nível de confiança, em concepção, projeto e manufatura de produtos.

Foto: Tony Affuso, CEO da Siemens PLM Software.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência