Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

| 13/10/2008 | 00h00

Ford, GM e Chrysler querem dinheiro rápido

São comuns as discussões em torno de uma possível concordata da GM, Ford ou Chrysler nos Estados Unidos.

Automotive Business

São comuns as discussões em torno de uma possível concordata da GM, Ford ou Chrysler nos Estados Unidos. As especulações sobre as três companhias não têm limites, enquanto as vendas de veículos despencam e as ações chegam aos níveis mais baixos da história. Os papéis da GM chegaram a bater em US$ 4,76, abaixo do seu valor em 1950. Desmentir a iminência de uma concordata já virou rotina na empresa que, juntamente com as concorrentes, faz pressão para o governo norte-americano liberar um crédito de US$ 25 bilhões já aprovado e considerado indispensável para manter a liquidez. “A situação é muito difícil, mas é até possível que as três sobrevivam” – diz David Wong, diretor da consultoria Kaiser. Para ele, há enorme interesse nacional em manter de pé as companhias automotivas.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência