Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

| 29/10/2008 | 00h00

Belini: com dinheiro e confiança do consumidor, 2009 será bom

Em 1999 o Brasil era o décimo-segundo maior produtor de veículos do mundo.

Automotive Business

Em 1999 o Brasil era o décimo-segundo maior produtor de veículos do mundo. Hoje somos o sexto. Não há muito do que reclamar” – disse Cledorvino Belini ontem no seminário AutoData Perspectivas 2009, lembrando que o crescimento nos últimos anos, a partir de 2004, foi de 9%, 13%, 27% e agora deve ficar em 20%. Para ele, se o índice de confiança do consumidor estiver elevado e houver dinheiro, 2009 será bom para o setor automotivo. “Ninguém gosta de tirar o pé do acelerador, mas não podíamos trabalhar no ritmo atual. É preciso fazer manutenção e acertar a logística” – disse. A Fiat produziu 710 mil veículos em 2007, incluindo a montagem em Córdoba, na Argentina, e este ano deve fechar com 800 mil unidades. As exportações deste ano, antes previstas para o patamar de 105 mil veículos, devem ficar em 85 mil unidades e podem cair um pouco mais de agora em diante. Belini acha que ainda é cedo para garantir os números de 2009, mas ele mantém o habitual otimismo.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

Resumo Automotive Business

| 01/04/2009 - 0h0

Resumo Automotive Business

A Volkswagen ensaia uma retomada da liderança no ranking de vendas de veículos no Brasil, ocupada pela Fiat Automóveis. Por enquanto a marca limita-se ao primeiro lugar entre os automóveis, mas perde para a Fiat entre os comerciais leves. Há quem assegure que até o final do ano a marca alemã assumirá o segundo lugar no ranking global, atrás apenas da Toyota.
Automotive Business

ABTV

AB Inteligência