Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
Librelato prevê aumentar em 50% vendas de carretas Pró-Nio em 2021

Comerciais | 21/01/2021 | 13h43

Librelato prevê aumentar em 50% vendas de carretas Pró-Nio em 2021

Implementos são produzidos em aço de alta resistência com nióbio

REDAÇÃO AB

A fabricante de implementos Librelato prevê aumentar em 50% as vendas de seu semirreboque do tipo graneleiro Pró-Nio em 2021 na comparação com o ano passado. A carreta é produzida com aço de alta resistência em liga que tem nióbio na composição, o que traz mais rigidez estrutural ao produto e capacidade aumentada em 780 kg.

Lançada em 2019, durante a última Fenatran, a empresa vendeu mais de 700 unidades no Brasil desde então. A tecnologia também foi lançada para outros mercados, como Paraguai, Chile e Uruguai, para onde a fabricante já embarcou 100 unidades do Pró-Nio. Segundo a empresa, pelo menos 200 unidades já fazem parte da carteira deste ano só para exportação.

“Quem mais reconhece as vantagens da redução de tara e o consequente ganho com o aumento da capacidade de carga são geralmente as transportadoras de grande e médio porte. Outra característica desses transportadores é de possuírem maior constância nos tipos de carga transportada e rotas onde trafegam, o que permite previsibilidade e com isso ganhos logísticos e utilização da capacidade máxima de carga dentro dos limites estabelecidos por lei”, destaca Fábio Tronca, gerente de engenharia do produto e pós-vendas da Librelato.

A Librelato, que pretende expandir a tecnologia Pró-Nio para outros produtos de seu portfólio, atualmente oferece a opção nas configurações de bitrem quatro eixos, bitrem seis eixos e rodotrem.



Tags: Librelato, vendas, implementos, nióbio, semirreboque, aço de alta resistência.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência