Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
BMW antecipa novidades para o Brasil, aposta em eletrificação e quer produzir híbridos em Araquari
O SUV elétrico BMW iX também deverá chegar ao Brasil

Indústria | 25/11/2020 | 19h30

BMW antecipa novidades para o Brasil, aposta em eletrificação e quer produzir híbridos em Araquari

Grupo anuncia 15 lançamentos de modelos BMW, Mini e Motorrad no País em 2021

PEDRO KUTNEY, AB

Em uma série de vídeos produzidos para contar sua história de 25 anos no Brasil e seus planos futuros (plataforma BMW Next Brasil, aberta ao público a partir da quarta-feira, 26), o Grupo BMW promete fazer 15 lançamentos no País em 2021, incluindo automóveis BMW e Mini e motos Motorrad, além de introduzir novas tecnologias com foco em digitalização de sistemas e conectividade. Parte importante da estratégia está focada no aumento do portfólio de modelos elétricos e híbridos no mercado brasileiro, inclusive com a vontade manifestada pela empresa de mais adiante produzir veículos eletrificados na fábrica brasileira de Araquari (SC).

“A cada ano as vendas de elétricos e híbridos dobram no Brasil e esse é um caminho sem volta. Trabalhamos para que o cliente tenha a opção de escolher [em nossa linha no País], seja modelos a gasolina, flex, elétrico ou híbrido”, afirma Aksel Krieger, CEO do BMW Group Brasil.



Segundo o executivo, BMW e Mini já venderam cerca de mil modelos elétricos e híbridos no País. Com a maior oferta, a demanda por esses modelos triplicou entre 2019 e 2020, e em 2021 Krieger projeta que irá dobrar. Assim o País entrou nos planos para receber os principais lançamentos da empresa nessa área. O executivo confirmou o lançamento no Brasil do Mini elétrico (que vem se juntar aos híbridos plug-in já lançados este ano) e da nova geração de BEVs (Battery Electric Vehicles) da BMW, como o cupê i4 e o SUV iX – mas estes entram em produção na Alemanha no fim do ano que vem e só devem desembarcar no mercado brasileiro a partir de 2022.

Também está nos planos o lançamento por aqui de uma moto elétrica Motorrad, que se encontrar demanda suficiente poderá também ser montada na fábrica do grupo em Manaus (AM), que já recebeu investimentos de R$ 75 milhões desde a inauguração em outubro de 2016 e ampliou sua capacidade para 10 mil unidades/ano.

Na opinião de Mathias Hofmann, diretor da fábrica do grupo em Araquari (SC), a planta brasileira não pode ficar de fora da tendência de eletrificação: “Entendo que produzir aqui carros eletrificados e híbridos, e também o foco nas exportações, são questões fundamentais para o futuro próximo”, indicou o executivo em uma de suas participações nos vídeos que a BMW divulgou à imprensa na terça-feira, 25. A empresa confirma que existem planos e estudos para produzir modelos híbridos no País e aumentar o potencial exportador da unidade, mas não há prazos definidos para isso acontecer. A unidade inaugurada em 2014, com investimentos que somaram R$ 1 bilhão, hoje monta os modelos das gamas Série 3, X1, X3 e X4 da BMW, em 11 versões. “Espero poder anunciar mais surpresas em breve”, disse Hofmann.

NOVOS PRODUTOS E TECNOLOGIAS



A aposta no aumento da eletrificação também no Brasil pode transmitir a falsa impressão que o grupo não dá mais importância aos seus apimentados modelos com motor a combustão. Longe disso – ao menos por enquanto. Entre os diversos automóveis “convencionais” planejados para chegar aqui em 2021, estão confirmados dois novos esportivos da linha M, o sedã M3 com estratosféricos 517 cavalos e o cupê duas-portas M2Cs com 444 cv.

Para além de produtos, também está programada a introdução de novas tecnologias. Os novos modelos elétricos BMW da série “i”, quando chegarem por aqui, já deverão estar preparados para se conectar à rede de comunicação 5G, muito mais rápida, que viabiliza o funcionamento de vários sistemas autônomos de condução.

Outra novidade para prevista para o ano que vem é a integração da assistente virtual da Amazon, a Alexa, nos sistemas de infoentretenimento dos carros BMW e Mini. Com isso, a bordo do automóvel será possível acessar a internet e pedir à Alexa para tocar músicas, solicitar orientações sobre endereços e informações diversas sobre quase tudo.

O grupo também pretende continuar a investir nos canais on-line de comunicação com clientes atuais e potenciais, que particularmente em 2020 conseguiram amenizar a queda nas vendas provocada pela pandemia e abriram novas oportunidades comerciais. Como exemplo bem-sucedido, a empresa destaca a loja inaugurada este ano no Instagram, onde 20% das interações foram convertidas em vendas. Novas ferramentas de relacionamento virtual estão sendo planejadas, incluindo agendamento de manutenções e atualização de sistemas dos carros via internet.



Tags: BMW, Mini, Motorrad, lançamentos, 2021, eletrificação, elétricos, híbridos, estratégia, projeto, fábrica, indústria, Araquari, SC.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência