Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
Toyota moderniza a Hilux para garantir liderança
Grade frontal ampliada confere visual mais carrancudo à nova Toyota Hilux

Lançamentos | 17/11/2020 | 20h35

Toyota moderniza a Hilux para garantir liderança

Fabricante renovou o visual e acrescentou equipamentos à picape média fabricada na Argentina

PEDRO KUTNEY, AB

Com visual renovado e um pouco mais carrancudo, possivelmente para continuar espantando a concorrência para longe do primeiro lugar em vendas de picapes médias na América Latina, a Hilux 2021 chega às concessionárias brasileiras da Toyota a partir de 26 de novembro. A fabricante tratou de seguir a máxima de não mexer em time que está ganhando, apenas introduzindo algumas modernizações no design e na inclusão de tecnologias, mantendo as qualidades de robustez e conforto que sempre garantiram o sucesso da Hilux em todo o mundo desde o seu lançamento no Japão, em 1968.

Produzida na Argentina desde o fim dos anos 1990 e hoje exportada de lá para 23 mercados da América Latina e Caribe, a Hilux é o veículo mais vendido da Toyota na região, respondendo por cerca de 30% das vendas, algo em torno de 120 mil unidades em 2019 – quase no topo da capacidade de 140 mil/ano da planta de Zárate, a segunda maior fábrica da picape no mundo, atrás da Tailândia – e o Brasil é o maior mercado regional consumindo 44% da produção.

No Brasil a Hilux sustenta três anos seguidos de liderança no segmento de picapes médias. Este ano, de janeiro a outubro foram vendidas 26 mil unidades, queda de 22% sobre o mesmo período de 2019, mas ainda assim com mais de 6 mil unidades a frente da segunda colocada da categoria, a Chevrolet S10.

“Mesmo com a pandemia o nível de demanda da Hilux pode ser considerado bom, graças à força do agronegócio brasileiro. Acreditamos que com esta renovação a picape vai seguir na liderança da categoria e a fábrica na Argentina deverá operar próxima da capacidade máxima novamente no ano que vem. Só no mercado brasileiro esperamos vender 42,5 mil unidades em 2021”, projeta Rafael Chang, presidente da Toyota do Brasil.





MELHORIAS



Além da modernização no design – principalmente na dianteira, que recebeu para-choques, faróis e grade redesenhados –, as principais melhorias aplicadas à Hilux estão embaixo do capô, onde o motor de 2,8 litros que equipa as seis versões diesel da picape recebeu um novo turbocompressor (com pás da turbina 25% maiores) e ganhou 27 cavalos em relação à versão anterior, saltando de 177 para 204 cv, o que faz da Hilux a picape média com o motor quatro-cilindros mais potente do mercado.

A transmissão automática de seis velocidades foi reprogramada em benefício do torque, que cresceu 11%, gerando agora 50,9 kgfm a 2.800 rpm. As Hilux diesel equipadas com câmbio manual de seis marchas (disponível apenas nas versões Chassi, Cabine Simples e Standard Power Pack) mantêm o torque máximo de 42,8 kgfm a 3.400 giros.



As três versões flexfuel, somente disponíveis com cabine dupla e câmbio automático de seis marchas, seguem com o beberrão motor Dual VVT-i Flex 2.7 16V DOHC, com 163 cv a 5.000 rpm, quando abastecidos com etanol, e 159 cv com gasolina.

Segundo a Toyota, a engenharia retrabalhou a suspensão das versões cabine dupla, para aumentar o conforto com redução de vibrações. A versão SRX (diesel topo de linha da gama) ganhou novos amortecedores com diâmetro 6,7% maior em comparação com o anterior.

Por dentro, o painel foi redesenhado, recebeu novo quadro de instrumentos e a central multimídia com tela de 8” sensível ao toque agora está presente em todas as versões com cabine dupla, integrando rádio com MP3, entrada USB, conexão Bluetooth e espelhamento de smartphones e tablets via Android Auto e Apple CarPlay. As versões mais caras SRX, SRV e SR, diesel ou flex, mostram no display as imagens da câmera de ré, enquanto as duas Hilux de topo SRX e SRV também vêm com sistema de navegação por GPS ee TV Digital. O sistema de som JBL com seis alto-falantes, dois tweeters e um subwoofer é de série na topo de linha SRX diesel.



O pacote de equipamentos e sistemas de segurança é bastante completo desde a versão cabine simples da Hilux, que já vem dotada de dois airbags frontais e um de joelho para o motorista (número que sobe para sete na cabine dupla, acrescentando-se dois airbags laterais e dois cortina), bloqueio do diferencial traseiro (com acionamento elétrico), freios com ABS e distribuição eletrônica de força (EBD), controle eletrônico de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa e cintos de segurança de três pontos com pré-tensionador e limitador de força para o condutor e passageiro, além de sistema ISOFIX para fixação de cadeiras para crianças no banco traseiro e assistente de reboque.

Os sistemas avançados de assistência ao motorista do pacote Toyota Safety Sense (TSS) só estão presentes na versão topo de gama SRX diesel, com câmera e radar que monitoram o percurso e acionam o alerta de colisão, frenagem automática de emergência, assistente de permanência na faixa de rodagem e ACC, controle de velocidade de cruzeiro adaptativo, que aciona acelerador e freios de acordo para manter a distância ajustada do veículo à frente.



PREÇOS E VERSÕES



HILUX 2021 FLEXFUEL CABINE DUPLA
• SR 4X2 AT - R$ 145.390
• SRV 4X2 AT - R$ 157.490
• SRV 4x4 AT - R$ 169.790

HILUX 2021 DIESEL 4X4
• Chassi Cabine Simples MT - R$ 164.790
• Cabine Simples MT - R$ 170.890
• STD Power Pack Cabine Dupla MT - R$ 188.990
• SR Cabine Dupla AT - R$ 201.790
• SRV Cabine Dupla AT - R$ 216.990
• SRX Cabine Dupla AT R$ 241.990



Tags: Toyota, Hilux, lançamento, picape média, Argentina.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência