Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
Metalúrgica Rio compra 50% da Wirklich para entrar no mercado de peças plásticas
Instalações industriais da Wirklich em Campo Bom (RS): especialização em peças de plástico injetado, agora em sociedade com a Rio

Negócios | 16/11/2020 | 12h37

Metalúrgica Rio compra 50% da Wirklich para entrar no mercado de peças plásticas

Sociedade vai ampliar portfólio de componentes para setores automotivo e ferroviário

REDAÇÃO AB

A Metalúrgica Riosulense (Rio), de Rio do Sul (SC), especializada no fornecimento de peças de ferro e aço para o setor automotivo, investiu R$ 10 milhões para adquirir 50% do capital da Wirklich, com instalações industriais em Campo Bom (RS). A aquisição é considerada estratégica para inserir a Rio no mercado de componentes de plástico injetado.

Segundo comunicado divulgado pela Rio, o negócio amplia o portfólio de produtos e coloca a empresa em posição mais confortável de atender a tendência da indústria de substituir peças metálicas por outras produzidas com plásticos de engenharia e de alta performance. Está nos planos o desenvolvimento conjunto de compponentes elaborados com múltiplas matérias-primas, como peças híbridas em metal e plástico.

“A Wirklich possibilitará à Rio avançar no setor de ferrovias, no qual tem mais inserção, enquanto a Rio possibilitará à Wirklich ampliar a sua atuação no setor automotivo. Assim poderemos acelerar projetos e oferecer um portfólio mais completo e moderno ao mercado”, afirma Gunther Faltin, CEO da Rio. Com a parceria, a expectativa de ambas as empresas é dobrar o faturamento do segmento ferroviário nos próximos 12 meses de cerca de R$ 30 milhões para R$ 60 milhões.

“Já estamos trabalhando em projetos para oferecer soluções integradas, visando futuras demandas da indústria por materiais com tecnologia de ponta. Vamos atuar para oferecer a melhor solução para os clientes, novas oportunidades e novos negócios”, acrescenta Marcelo Sperb, CEO da Wirklich.

A Rio atua há 70 anos na produção e fornecimento de autopeças para montadoras e mercado de reposição, com exportações para mais de 25 países da América Latina, América do Norte, Ásia, Europa e Oceania. Recentemente a metalúrgica ampliou os negócios por meio da manufatura aditiva, com a impressão 3D para produzir protótipos de modelos de fundição.

A Wirklich foi inaugurada em 2005 com foco em desenvolver e produzir componentes injetados de polímeros, com fornecimento para diversos segmentos da indústria, especialmente ferroviário e agrícola.



Tags: Rio, Metalúrgica Riosulensee, Wirklich, negócio, aquisição, sociedade, autopeças, ferro, aço, plástico, Rio do Sul, SC, Campo Bom, RS.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência