Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
EDP, VW, Audi e Porsche inauguram 1º eletroposto da rede de recarga ultrarrápida em São Paulo
Primeiro eletroposto da rede de recarga ultrarrápida para veículos elétricos em São Paulo já funciona em Caraguatatuba

Elétricos | 21/10/2020 | 16h28

EDP, VW, Audi e Porsche inauguram 1º eletroposto da rede de recarga ultrarrápida em São Paulo

Caraguatatuba recebe o primeiro de 30 pontos de recarga de elétricos que serão inaugurados em até 3 anos

SUELI REIS, AB

O consórcio formado pelas empresas EDP, Volkswagen, Audi e Porsche inaugurou na quarta-feira, 21, o primeiro dos 30 eletropostos previstos para a rede de recarga rápida de carros elétricos no Estado de São Paulo, projeto que foi lançado há exatamente um ano (leia aqui). A primeira unidade está localizada na cidade de Caraguatatuba, na região norte do litoral paulista, no shopping Serramar.


O eletroposto, que segue o formato padrão que a rede inteira terá, possui duas unidades, uma de recarga ultrarrápida (150kW) em corrente contínua (DC) e um de recarga semirrápida (22kW) em corrente alternada (AC), com capacidade para abastecer três veículos elétricos simultaneamente nos dois carregadores. O tempo médio de recarga é de aproximadamente 15 minutos para 100km de autonomia no carregador ultrarrápido.

No total, serão 29 carregadores de 150 kW (DC) e um carregador de 350 kW (DC), e mais 30 equipamentos de 22 kW (AC), de modo que cada eletroposto de recarga terá uma estação ultrarrápida e uma semirrápida.

O cronograma do projeto de rede de recarga que foi denominado Plug&Go prevê a instalação de mais dez pontos de recarga ainda este ano.

“Há um esforço de todas as equipes e envolvidos para antecipar ao máximo; já iniciamos as tratativas para os próximos dez postos para entregá-los o mais rápido possível”, afirma Nuno Pinto, head de mobilidade elétrica e serviços da EDP Smart.

A EDP é a responsável pelo projeto, que consumirá um total de R$ 33 milhões em investimentos totais na rede que vai conectar com os eletropostos de outras iniciativas, formando um corredor com mais de 2.500 quilômetros de extensão que interliga São Paulo, Rio de Janeiro, Vitória (ES), Curitiba (PR) e Florianópolis (SC).

A empresa conta com outras companhias para a implantação da rede, como a Volkswagen, Audi e Porsche, fabricantes do Grupo VW que fizeram a validação e homologação da rede de recarga e da implantação do primeiro eletroposto. ABB, Electric Mobility Brasil e Siemens são fornecedoras das tecnologias de recarga, enquanto a Gesel, Grupo de Estudos do Setor Elétrico, faz a coordenação de todas as frentes de trabalho.

AUDI, PORSCHE E VW TESTAM E HOMOLOGAM ELETROPOSTO



Modelo elétrico Audi e-Tron, e os híbridos plug-in Porsche Cayenne e VW Golf GTE utilizam primeiro eletroposto de recarga ultrarrápida

Por enquanto, o eletroposto funciona de forma gratuita. Nuno conta que a EDP está em fase de estudo e desenvolvimento do modo de cobrança. “Da parte regulatória, a Aneel já permite que exista cobrança em projetos como este; para isto há um conjunto de sistemas que precisam ser desenvolvidos para calcular o custo adequado”, indica.

Para recarregar os veículos pela na rede de eletropostos, os usuários precisam primeiro efetuar um cadastro no site da EDP Smart e solicitar um cartão de mobilidade elétrica, disponível para os proprietários de veículos elétricos. Após a solicitação, o cliente recebe o cartão de forma gratuita no endereço indicado.

Com o EV.Card, o usuário consegue realizar o desbloqueio junto aos leitores das estações de recarga e assim liberar os conectores para abastecer seu veículo híbrido plug-in ou elétrico. A EDP confirma que está em fase de testes um aplicativo para que os clientes cadastrados possam também desbloquear, monitorar e utilizar os eletropostos de forma digital, sem a necessidade do cartão.

O primeiro eletroposto da rede de recarga para carros elétricos foi testado por veículos das três marcas. O primeiro modelo 100% elétrico da Audi, o e-Tron, considerado de grande porte, utilizou a recarga ultrarrápida. “No teste, o e-Tron demorou apenas 20 minutos para receber a carga total, que lhe confere uma autonomia de 436 quilômetros”, disse Gerold Pillekamp, gerente sênior de gerenciamento de produto da Audi do Brasil.

Por sua vez, a Porsche disponibilizou o híbrido Cayenne, que utilizou a recarga semirrápida por um período de duas horas para recarga completa. “É um marco para a eletromobilidade, para as marcas e para o Brasil; esta rede permite recarregar tanto híbridos quanto os puramente elétricos. No caso do Taycan (100% elétrico), que possui 400km de autonomia, a recarga vai de 5% a 80% em 40 minutos de recarga”, conta Rodrigo Fonseca, especialista de e-performance da Porsche Brasil.

Pela Volkswagen, o modelo utilizado para homologação do eletroposto foi o híbrido Golf GTE, que utilizou a saída semirrápida por duas horas, conferindo autonomia de 50km de condução utilizando somente o modo elétrico.

“Todas as estações de recarga contarão com três pontos, sendo um deles ultrarrápido, o que significa que a rede poderá recarregar 90 carros ao mesmo tempo”, complementa Fernando Amoroso, gerente executivo de estratégia da VW América do Sul.



Além de automóveis, os eletropostos serão compatíveis com outros tipos de veículos híbridos e elétricos, como picapes e utilitários comerciais leves que utilizam o mesmo tipo de conector. Segundo a EDP, os tipos de plugues dos eletropostos atendem à maioria dos modelos de veículos com recarga plug-in disponíveis no mercado brasileiro.

Segundo Fernando, da VW, o caminhão e-Delivery, da Volkswagen Caminhões e Ônibus, é um dos comerciais que vai utilizar plug-in compatível com a rede de recarga Plug&Go de São Paulo. O veículo começa a ser produzido em 2021 pela VWCO em sua fábrica de Resende, no sul-fluminense (leia aqui).



Tags: EDP, VW, Volkswagen, Audi, Porsche, rede de recarga, recarga de carro elétrico, carro elétrico, eletroposto, .

Comentários

  • Denis

    Tempomédio de 15 minutos para uma autonomia de 100 km utilizando o carregador ultrarápido! Em 5 minutos enche-se o tanque de combustível líquido para uma autonomia de 400 km na cidade. Ainda falta muito para igualar as autonomias e os tempos...

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência