Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
Argentina aumenta produção e vendas em relação a setembro de 2019; Fiat Cronos lidera
Fiat Cronos liderou as vendas na Argentina em setembro

Indústria | 05/10/2020 | 20h02

Argentina aumenta produção e vendas em relação a setembro de 2019; Fiat Cronos lidera

Houve melhora no mercado interno, mas desempenho acumulado de 2020 segue em forte baixa

PEDRO KUTNEY, AB

Ao menos no desempenho mensal, os fabricantes de veículos na Argentina já conseguiram reverter as perdas geradas pela pandemia de coronavírus. Segundo dados divulgados na segunda-feira, 5, pela Adefa, associação que reúne 12 montadoras, em 22 dias de atividade as fábricas instaladas no país produziram 32.149 unidades em setembro, o que representa crescimento de 24,4% sobre agosto, mas também houve alta de 16,1% na comparação com o mesmo mês de 2019. No acumulado de nove meses, no entanto, o resultado segue amplamente negativo, com 165.739 produzidas, em forte retração de 31,3% em relação aos mesmos meses do ano passado.

Também foi registrada alta nas exportações, mas somente em relação ao mês anterior, na comparação com 2019 os volumes seguem bastante retraídos. Foram exportados 17.903 veículos em setembro, 31,6% a mais do que em agosto, mas 17% abaixo do observado em setembro do ano passado. As 94.343 unidades fabricadas na Argentina e exportadas em nove meses de 2020 representam número 43,9% inferior aos embarques do mesmo período do ano passado. O Brasil continua a ser o principal destino, com fatia de 66,2% dos carros e comerciais leves embarcados até agora e queda de 43% nas compras este ano.

No atacado, foram faturados 35.065 veículos aos concessionários na Argentina, em alta de 23,7% em relação a agosto e crescimento de 30,5% na comparação com igual mês de 2019. Houve aumento expressivo de vendas à rede de modelos de fabricação nacional: 14.868 unidades, mais de um terço do total, mas em significativa expansão de 32% sobre agosto e de 77,8% no comparativo com setembro do ano passado.

No acumulado do ano os concessionários receberam 209.044 veículos, uma redução de 28,2% sobre janeiro-setembro de 2019. As vendas no atacado de modelos nacionais caiu bem menos: 11,7%, com 71.460 unidades faturadas.

FIAT CRONOS LIDERA MERCADO ARGENTINO



Além de comemorar em setembro o primeiro lugar em vendas no Brasil, como marca e veículo mais vendido (Strada), a Fiat também conseguiu colocar o Cronos no topo do ranking na Argentina. O sedã foi o carro mais emplacado do país em setembro, com 2.357 unidades e participação de 7,2% no mercado total argentino.

As vendas do Cronos foram beneficiadas pelo aumento de 50% nos dias de produção em setembro e crescimento de 30% no número de unidades montadas na planta de Ferreyra, em Córdoba, onde a FCA produz seu único modelo na Argentina.

O Cronos também foi beneficiado por campanha de marketing promovida pela Fiat no mercado argentino com oferta de descontos especiais e financiamento. Há seis meses o modelo lidera o segmento de sedãs no país, dominando quase metade das vendas da categoria.



Tags: Argentina, Adefa, produção, exportação, vendas, atacado.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência