Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Indústria | 29/09/2020 | 19h39

Eaton inicia modernização em fábrica de São José dos Campos

Unidade que produz válvulas de motores receberá tecnologias e soluções de automação da indústria 4.0

REDAÇÃO AB

A Eaton iniciou um amplo processo de modernização de sua fábrica de São José dos Campos (SP), onde produz válvula de motores. A unidade, que completou 63 anos de operação no dia 22 deste mês, fornece seus produtos para diferentes aplicações da indústria automotiva, como veículos leves e comerciais pesados, além de máquinas agrícolas e de construção, motores estacionários e marítimos, tanto para o mercado interno original (OEM) e reposição, além de exportações para países da Europa, Ásia e Estados Unidos.

“O projeto de modernização, que tem um cronograma de melhorias até 2022, prevê a introdução de novas tecnologias de manufaturas e equipamentos de última geração, com soluções de automação e da indústria 4.0”, comenta Alexandre Moraes, diretor da fábrica da Eaton em São José dos Campos.

O executivo reforça que a demanda é um dos fatores que impulsiona o processo de modernização. Lançamentos recentes no País, tanto de automóveis quanto comerciais pesados são equipados com válvulas Eaton e embora a empresa não revele os clientes, há novos fornecimentos já previstos para 2021.

Além da renovação da fábrica, a Eaton está investindo no desenvolvimento de válvulas ocas para motores turbo, visando também o mercado de reposição.

“Acreditamos na migração do segmento de veículos leves para a aplicação de motores turbo. Nossa previsão é que em poucos anos 50% dos veículos do segmento sejam equipados com esse tipo de motor, por isso, estamos preparados para essa migração que requer um processo de fabricação diferente”, complementa Marcos Janasi, diretor geral para automóveis e picapes da Eaton.



Tags: Eaton, modernização, fábrica, produção, indústria, válvula de motores, indústria 4.0, São José dos Campos.

Comentários

  • ManoelFioretti

    Modernizar?Quem passa na frente tem até medo de entrar. Parece uma fábrica assombrada. Trocam meia dúzia de máquinas ou colocam um chip a mais e dizem ser modernização. E outra: quem conhece caminhão bom de verdade, com alta tecnologia embarcada, sabe que a Eaton não está nesses. Pelo contrário, só aparece a concorrência ganhando os projetos.

  • WALTERODAIR BASTOS

    Muitooportuna essa iniciativa da Eaton em modernizar sua fabrica em São Jose dos Campos, o setor de autopeças em geral no Brasil está muito defasado em novas tecnologias, principalmente automação, busca por eficiência onde se faz necessário o sucateamento sem medo dessas estruturas instaladas, temos visto fabricas que nas recepções apresentam certificados de "parabenização" por completarem 50 anos ou mais e quando adentramos constatamos que as instalações do parque fabril tem a idade compatível com a idade destas empresas cinquentonas. Países Ásia independente de" mão de obra mais "baratas", tem adotado linhas de automação mais flexíveis com soluções de automação simples e com isso tem ganho uma boa participação do mercado global. Espero que outras diretorias de auto peças no Brasil se atentem para esse tema muito relevante para a sobrevivência deste mercado, planejamento de longo prazo pode resultar em conquista mais globais de espaços.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência