Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Aftermarket | 02/09/2020 | 17h56

MWM e Marelli Cofap firmam acordo para exportações

Parceria prevê distribuição de amortecedores pela MWM para mais de 45 países

REDAÇÃO AB

A MWM e a Marelli Cofap anunciam um novo acordo para a exportação de amortecedores aos mercados de reposição de mais de 45 países em que a MWM atua. Serão 60 modelos entregues por meio do centro de distribuição da MWM no Brasil, que será a responsável pela garantia e pós-venda das peças, que serão vendidas com identificação da Cofap.

Segundo o diretor da unidade de negócios de peças de reposição e marketing da MWM, Thomas Püschel, o acordo faz parte do plano de expansão dos negócios e do portfólio de peças de reposição da empresa, que planeja, por meio de parcerias, expandir ainda mais sua presença buscando novos negócios em países estratégicos.

O executivo explica que a MWM ampliará seu portfólio de peças de reposição e a Marelli Cofap contará com a expertise e a capilaridade nos mercados onde a fabricante de motores atua.

“Estamos certos do sucesso desta parceria, considerando a abertura em novos mercados e teremos muito potencial para expandir este acordo. Projetos como este nos motivam para desenvolvermos, cada vez mais, novos e promissores negócios globais para a unidade de peças de reposição”, finaliza Püschel.



Tags: MWM, Marelli Cofap, distribuição, peças, amortecedores, exportações, acordo.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência