Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
Strada recebe 25 mil pedidos e Fiat quer dobrar produção
Nova Strada: vendas muito acima das expectativas

Mercado | 19/08/2020 | 20h00

Strada recebe 25 mil pedidos e Fiat quer dobrar produção

Picape lançada no fim de junho vende acima do esperado, representou 45% das vendas da marca em julho

PEDRO KUTNEY, AB

A FCA já trabalha para até setembro dobrar a capacidade de produção da nova Fiat Strada em Betim (MG). Motivo: a picape renovada recentemente já recebeu 25 mil pedidos das concessionárias desde que foi lançada, em 26 de junho, até a semana passada. Apenas em julho foram recebidas 18 mil encomendas, mais de três vezes o total de 6.564 emplacamentos do modelo registrados no mês passado, que representou nada menos que 45% de todas as vendas da marca no período.

“Esses números chamaram muita a atenção, estão muito acima das nossas expectativas iniciais. Infelizmente nossa disponibilidade em atender a demanda pela Strada é bem inferior ao número de pedidos”, lamentou Herlander Zola, diretor da marca Fiat. “Mas estamos trabalhando para atender”, acrescentou.

A FCA ainda não admite abrir mais um turno na fábrica mineira para atender a demanda acima da esperada pela nova Strada, mas já usa horas extras, dias adicionais de produção e acelera o ritmo da linha para tentar atender o máximo de pedidos, que tendem a aumentar ainda mais com o início das exportações – nesta quarta-feira, 19, a Fiat lançou a picape na Argentina, o primeiro mercado externo do veículo. Outra dificuldade será fazer os fornecedores atenderem ao aumento dos pedidos, pois planejaram volumes bem menores.

MAIOR PROCURA NO TOPO DE LINHA



Quando lançou a nova Strada, Zola estimava que as novas opções do modelo com mais conforto e tecnologia – especialmente a nova configuração de cabine dupla com quatro portas, a primeira no segmento de picapes compactas – iriam atrair novos clientes e aumentar em cerca de 20% o mercado do modelo, com a participação das versões cabine dupla subindo de 5% para 25% das vendas. O executivo estava certo na direção, mas errado no número. Os pedidos, como se viu, triplicaram e a versão mais cara, a Volcano (R$ 80 mil), já representa 40% da demanda.

Os 6.564 emplacamentos da Strada em julho já estão 20% acima do registrado em janeiro passado e foram fundamentais para aumentar para 15% a participação da Fiat no mercado brasileiro no mês passado. E na primeira quinzena de agosto o porcentual já subiu para 17%, colocando a marca na segunda posição do ranking parcial do mês, à frente da GM e atrás da Volkswagen.

“Com a nova oferta, a Strada atraiu muitos clientes de fora da categoria, que normalmente compravam hatches e sedãs compactos e viram na nova versão com cabine dupla a possibilidade de ter a mesma tecnologia e conforto com a funcionalidade extra de uma caçamba, que acaba sendo um porta-malas maior”, explica Zola.

Com o sucesso, a Fiat pretende acelerar a oferta de novas opções da Strada, incluindo a adição de câmbio automático até agora indisponível. “Teremos em breve, está em desenvolvimento uma opção automática”, avisa Zola. Ele também admite o lançamento das versões Ultra e Ranch, já disponíveis na linha da irmã maior, a Toro.

Segundo o diretor, por causa da falta da opção de câmbio automático, até agora a picape compacta não atraiu clientes de SUVs, mas também não roubou clientes da Toro, cuja versão de entrada (Endurance Flex com câmbio manual) custa cerca de R$ 10 mil a mais do que a mais cara da irmã menor (Volcano). “As duas mantêm uma convivência saudável, mas é curioso que a Toro de entrada, que representava 3% a 4% das vendas, agora tem procura bem maior, provavelmente porque o cliente compara a avalia que pode pagar um pouco mais para ter a picape maior”, diz Zola.



Tags: FCA, Fiat, Strada, lançamento, mercado, vendas, produção, fábrica, Betim MG.

Comentários

  • CelsoRicardo costa silva

    Compreia minha Vulcano no dia do lançamento é até hoje ainda não recebi, mais de 90 dias de espera!

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência