Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
PSA começa a produzir Peugeot 208 na Argentina com mais fornecedores locais
Os primeiros Peugeot 208 produzidos em El Palomar, na Argentina

Indústria | 31/07/2020 | 17h30

PSA começa a produzir Peugeot 208 na Argentina com mais fornecedores locais

Fábrica recebeu investimento de US$ 320 milhões para ser primeira na AL a produzir sobre plataforma CMP

PEDRO KUTNEY, AB

O Grupo PSA deu início na sexta-feira, 31, à produção em série do novo Peugeot 208 na fábrica de El Palomar, na Argentina, que nos últimos quatro anos recebeu investimentos de US$ 320 milhões e passou por profundas transformações industriais para ser a primeira a produzir um modelo sobre a moderna plataforma modular CMP, que poderá dar origem a outros modelos compactos e médios, incluindo SUVs. A planta também conta com novos fornecedores locais, alguns deles realizando atividades dentro da unidade, que garantiram 40% de conteúdo argentino ao novo 208, segundo informa a empresa.

O conteúdo local Mercosul do Peugeot 208 produzido na Argentina ainda não foi divulgado, mas deve passar de 60%, pois o modelo também receberá componentes de fornecedores brasileiros, incluindo a própria PSA em Porto Real (RJ), onde é fabricado o motor 1.6 de 118 cv que será usado no novo carro. A PSA também não informou quantos nem quais fornecedores foram incorporados à fábrica de El Palomar, pois segundo a empresa esse processo ainda está em construção.


Processo de solda de carrocerias do novo Peugeot 208 em El Palomar: mais robotização

Com quase 60 anos de história, que remonta à época em que os modelos Peugeot e Fiat foram produzidos sob licença na mesma planta por fabricantes locais (um interessante presságio da atual fusão entre os grupos PSA e FCA), até a operação ser comprada pela PSA em 2000, a fábrica de El Palomar passou por muitas modernizações para produzir veículos sobre a plataforma CMP. Ás áreas de estamparia, solda de carrocerias e pintura foram completamente remodeladas e receberam dezenas de novos robôs.

Na linha de montagem final foram adotados processos de entrega de componentes just in time, que reduz necessidade de estoques na planta, e full kitting, um carrinho automatizado que é carregado com todas as peças e acompanha o carro na diversas etapas de montagem.

“Investimos em Palomar para transformar a planta para o futuro. Este lançamento marca uma nova fase para o Groupe PSA na América Latina”, afirmou Patrice Lucas, presidente da empresa na América Latina.



Também houve investimentos relevantes em engenharia para desenvolver o novo Peeugeot 208 para a região. O grupo informa que cerca de 600 funcionários da América Latina e da Europa trabalharam conjuntamente nos últimos anos, somando 620 mil horas de trabalho dedicadas ao projeto e 1,5 milhão de quilômetros rodados de testes em vários países, incluindo Argentina, Brasil, Alemanha, Áustria, Espanha, França e Suécia. As equipes de produção passaram por mais de 8 mil horas de treinamento.

O novo Peugeot 208 deverá ser lançado ainda no terceiro trimestre no mercado brasileiro, provavelmente em setembro próximo, e a plataforma CMP também será introduzida na fábrica brasileira de Porto Real (RJ), onde possivelmente servirá de base para o novo 2008 e outros modelos.



Tags: Grupo PSA, Peugeot, Peugeot 208, lançamento, fábrica, indústria, investimento, Argentina, El Palomar.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência