Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
Honda convoca quase 35 mil carros para troca de insuflador de airbag
Honda CR-V é um dos quatro veteranos convocados. Em seu caso, envolve unidades 1997, 1999 e 2000

Segurança | 30/06/2020 | 20h52

Honda convoca quase 35 mil carros para troca de insuflador de airbag

Substituição das peças começa em 10 de julho; veículos têm 20 anos ou mais

REDAÇÃO AB

A Honda dará início à substituição do insuflador do airbag de 34,9 mil carros com 20 anos ou mais vendidos no Brasil. O serviço começa a partir do dia 10 de julho na rede autorizada. A maioria dos veículos convocados é do modelo Civic (de 1996 a 2000), mas há também unidades do Accord (1997 a 1999), do CR-V (1997,1999 e 2000) e do Odyssey (1997).

Esses carros já haviam sido convocados em fevereiro para desativação do insuflador do airbag do motorista. Por causa de um defeito de fabricação, essas peças (fornecidas pela Takata) tendem a se romper e projetar estilhaços metálicos para o interior do carro em caso de impacto que resulte na abertura das bolsas infláveis.

Assim, o equipamento que deveria proteger os ocupantes pode na verdade causar ferimentos graves e até fatais. Em todo o mundo foram mais de 100 milhões de itens defeituosos. A substituição do insuflador é gratuita. A consulta à necessidade do reparo deve ser feita no link www.honda.com.br/recall.

O agendamento para a troca da peça pode ser feito neste mesmo endereço eletrônico ou pela central de atendimento 0800 701 3432 (de segunda a sexta-feira das 8 às 20 horas e no sábado, das 9 às 14 horas). Para consultar os endereços das concessionárias, acesse www.honda.com.br/concessionarias.



Tags: Honda, airbags, insufladores, Takata, Civic, Accord, CR-V, Odyssey.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência