Automotive Business
  
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Vendas de veículos podem crescer 32% em 2021, aponta LMC Automotive

Mercado | 15/05/2020 | 17h25

Vendas de veículos podem crescer 32% em 2021, aponta LMC Automotive

Consultoria indica que a queda deste ano deve ser de até 38%, com até 1,8 milhão de unidades

REDAÇÃO AB

Com a crise gerada pela pandemia do novo coronavírus, está claro que as vendas de veículos em 2020 devem sofrer queda abrupta com relação ao ano passado. No entanto, a consultoria LMC Automotive, parceira internacional da Carcon Automotive, aponta que o mercado pode registrar uma recuperação importante já em 2021, quando espera que as vendas de automóveis e comerciais leves alcancem um crescimento de até 32% sobre o resultado deste ano.


Segundo a consultoria, os licenciamentos de veículos devem fechar 2020 com volume entre 1,6 milhão a 1,8 milhão, o que representaria uma queda de 35% a 38% na comparação anual.

Com isso, a previsão indica que a queda na produção de veículos leves pode chegar a 38% neste ano com relação a 2019, quando a indústria brasileira produziu 2,8 milhões de unidades, considerando apenas veículos leves. Para a consultoria, a produção brasileira continuará sendo impactada fortemente pelas baixas vendas na Argentina e em outros países da região que também sofrem os impactos da crise.

Segundo a LCM Automotive, a projeção considera um cenário de retorno gradativo de vendas com o controle da pandemia a níveis satisfatórios a partir de setembro deste ano. As estimativas incluem também o efeito na queda da confiança do consumidor, que deve se elevar também de forma gradativa e já considera um possível impacto da falta de coordenação política nas medidas protetivas contra a pandemia.



Tags: Vendas, projeção, consultoria, LCM, Carcon Automotive, veículos leves, automóveis, Anfavea, mercado, coronavírus, pandemia, Covid-19.

Comentários

  • RenatoAlmeida

    Faceà enorme deterioração econômica que se reflete em alto grau no mercado de trabalho, considero muito otimista a previsão de 2,3 milhões de veículos em 2021. Seria o 3o pior ano desde 2006, uma vez que 2016 fechou com pouco mais de 2,0 milhões e 2020 ainda é imprevisível já que muitas empresas estão postergando o retorno programado para Maio e Junho. Somado à mudança de comportamento do novo consumidor, penso que a indústria deverá se ajustar à patamares de vendas muito abaixo dos anos áureos de 2010 à 2013.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência