Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
Faturamento das autopeças em março cai 15,7% como reflexo da pandemia

Balanço | 06/05/2020 | 17h10

Faturamento das autopeças em março cai 15,7% como reflexo da pandemia

Segundo Sindipeças, acumulado do trimestre também traz números “decepcionantes” e retração de 10,7%

MÁRIO CURCIO, AB



Os fabricantes de autopeças começaram a sentir os impactos locais da pandemia de Covid-19 a partir de março. O faturamento no mês registrou queda de 7,7% na comparação com fevereiro, já ruim por causa do carnaval. O confronto com março de 2019 mostra queda ainda maior, de 15,7%.

A retração no acumulado do ano chega a 10,7% ante iguais meses de 2019. O Sindipeças (entidade que reúne os fabricantes) chama de “decepcionantes” os resultados do período.

As vendas para as montadoras caíram 18% em março na comparação com o mesmo mês do ano passado e o acumulado do ano revela queda de 12,9% como reflexo da retração na indústria automotiva.

De acordo com o Sindipeças, as exportações em dólares caíram 26,8% em março ante igual mês de 2019 por causa de novas dificuldades impostas ao comércio externo. No acumulado do ano a queda chega a 23,6%.

Março também teve queda acentuada (-16,4% pela comparação interanual) nas vendas para o mercado de reposição. No acumulado do ano a retração ainda é pequena, 3,5%. É possível imaginar que o aftermarket seja o canal de vendas menos impactado em abril porque está inserido na cadeia de serviços essenciais (oficinas e lojas de autopeças).

QUEDA NO NÍVEL DE EMPREGO SUPERA OS 6%


O estudo atualizado do Sindipeças revela que o nível de emprego em março recuou em todas as análises: -0,9% ante fevereiro, -6,3% em relação a março do ano passado, -6,2% no acumulado do ano e -5,7% pela variação acumulada em 12 meses. A entidade acredita que a utilização da Medida Provisória 936 pelos fabricantes de autopeças ajudará a reduzir o fechamento de vagas no setor.

Os dados de março do Sindipeças também mostram que a utilização da capacidade instalada no mês permaneceu em 69% como em janeiro e fevereiro, já que a primeira quinzena foi normal e as paralisações durante a segunda metade ocorreram de forma progressiva. Mas os dados de abril serão críticos.



- Faça aqui o download dos dados do Sindipeças
- Veja outras estatísticas em AB Inteligência





Tags: Sindipeças, pandemia, Covid-19, autopeças, montadoras, exportações, reposição, aftermarket, oficinas.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência