Automotive Business
  
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Volkswagen antecipa a produção em plantas da AL para exportar

Indústria | 23/04/2020 | 18h29

Volkswagen antecipa a produção em plantas da AL para exportar

Empresa planeja retomar antes as atividades das fábricas de São Carlos e de Córdoba, na Argentina

GIOVANNA RIATO, AB

A Volkswagen deve antecipar a retomada da produção de duas de suas plantas na América Latina para atender à demanda do mercado externo, mais precisamente do México e dos Estados Unidos. O plano inicial é começar a trabalhar na reativação das fábricas de São Carlos (SP) e de Córdoba, na Argentina, entre o fim de abril e o começo de maio, se as condições sanitárias e os governos locais permitirem.

Segundo Pablo Di Si, presidente da empresa na América Latina, os motores, transmissões e componentes feitos nestas unidades são exportados a mercados como o México e os Estados Unidos. Dessa forma, o objetivo é garantir o abastecimento destes países na saída do período de isolamento social.

Para as outras fábricas do continente, o executivo programa a retomada para meados de maio, como contou durante entrevista em Live #ABX20 (veja aqui) e confirmou na quinta-feira, 23, em coletiva de imprensa on-line.

“Vamos começar com um turno, acompanhando a retomada da demanda. Nestas plantas que têm participação maior das exportações esperamos avançar rápido para dois turnos de produção”, conta.

CRISE CUSTA R$ 40 BILHÕES À INDÚSTRIA AUTOMOTIVA


O executivo voltou a falar sobre os custos elevados da crise para a indústria automotiva. Di Si calcula que a atual crise provocada pela pandemia de coronavírus vai custar R$ 40 bilhões à indústria automotiva em queima de caixa, já que a geração de receitas foi interrompida, mas uma série de custos operacionais ainda precisam ser pagos.

Na live de Automotive Business Di Si já havia mencionado esta espécie de investimento involuntário que o setor precisará fazer neste período. “Em três ou quatro meses desembolsaremos valor similar a um plano de investimento para três ou quatro anos. Este é o efeito da crise”, declarou durante a entrevista.



Tags: Volkswagen, VW, exportações, Pablo Di Si.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência