Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
Mercedes ajuda a desenvolver e a produzir respiradores no Brasil
Desenvolvimento de respiradores no Instituto Mauá

COVID-19 | 02/04/2020 | 18h41

Mercedes ajuda a desenvolver e a produzir respiradores no Brasil

Montadora também se mobiliza para doar outros itens médicos, cestas básicas e emprestar veículos

REDAÇÃO AB

A Mercedes-Benz iniciou nesta semana os testes de um novo modelo de respirador utilizando como matéria-prima peças da indústria automotiva. Os ventiladores mecânicos, como também são conhecidos, se mostraram eficazes e de baixo custo e foram desenvolvidos em parceria com o Instituto Mauá de Tecnologia e profissionais da área médica. O projeto também conta com o apoio das secretarias das cidades do ABC Paulista. Segundo a companhia, a expectativa é de que a produção comece nos próximos dias em fábricas da própria montadora e de outras empresas voluntárias.


Os respiradores serão doados para suprir com urgência – e a princípio – os hospitais da região de São Paulo, estado com o maior número de casos confirmados de pessoas com o novo coronavírus no Brasil.

Outra iniciativa é o desenvolvimento e produção de máscaras de proteção facial que já estão sendo feitos em impressoras 3D tanto da Mercedes quanto do Instituto Mauá com um média de dez unidades por dia. Elas serão destinadas aos hospitais da região do ABC em São Paulo.

Em Iracemápolis, no interior paulista, onde a Mercedes-Benz mantém sua fábrica para a produção de automóveis, a empresa está doando 700 pares de luvas, trinta óculos de proteção e mais 540 máscaras. Também estão previstas a doação de mais luvas, máscaras e 2 mil kits de testes da Covid-19 para hospitais próximos a todas as fábricas que a empresa possui no País.

Por sua vez, o Banco Mercedes-Benz se comprometeu a doar cestas básicas e itens de higiene para famílias mais necessitadas em comunidades carentes, além de itens médicos para hospitais: já foram entregues mil óculos de proteção para o Pronto Socorro Municipal de São Bernardo do Campo (SP).

“Através de todas essas iniciativas, a Mercedes-Benz do Brasil coloca à disposição suas instalações e sua força de trabalho voluntária a fim de ajudar em todas as frentes possíveis. Nosso propósito é justamente esse: trabalhar ‘para todos que movem o mundo’. Mais do que nunca, nos comprometemos a ajudar ao próximo e superarmos juntos esse momento extremamente desafiador, tanto para o Brasil quanto para todo o mundo”, declara Philipp Schiemer, presidente da Mercedes-Benz no Brasil e CEO para a América Latina.



O grupo está mobilizando também seus funcionários e concessionários com uma campanha de arrecadação de cestas básicas e itens de higiene para todos os municípios onde possui operações: a campanha começa na quinta-feira, 2, e vai até 21 de abril, podendo ser prorrogada.

Por fim, a Mercedes destinou duas vans Sprinter para o transporte de pessoas e que já estão sendo utilizadas pela prefeitura de São Bernardo do Campo (SP). A Viação Piracicabana, empresa parceira da montadora, também emprestou sem qualquer custo três vans com motoristas para o transporte diário de funcionários da Magnamed, em Cotia (SP), que vão trabalhar em dois turnos para produzir máscaras usadas no combate a Covid-19.



Tags: Mercedes-Benz, produção, doação, impressão 3D, Banco Mercedes-Benz, coronavírus, Covid-19, Philipp Schiemer.

Comentários

  • MarleneA.Brancaglioni Cleto

    Sótenho que parabenizar esse exemplo de humanidade e amor ao próximo...Parabéns Mercedes e seus colaboradores ????????????????????

  • ELICIANEMARIA DA SILVA

    Alunosdos cursos de Engenharias da UNIMEP gostariam de ajudar na produção de forma voluntária. Caso tenham interesse, por favor, me contatem via e-mail. Sou professora do curso de Engenharia de Produção. Obrigada pela atenção. Eliciane

  • beth

    naofez mais que a obrigaçao ! ja ganhou muito dinheiro no brasil vendendo mercedes bens pra elite ! agora é hora de fazer o dever de ajudar o proximo carente alias ja passou foi da hora de ajudar os menos favorecidos, desigualdades social tremenda ,uns com mercedes e outros de bike surrada pra buscar o pao de cada dia pra o filho que deixou na favela, mercedes precisa doar um milhao de cestas basicas pois ganha milhoes a cada venda de carros por ano so no brasil , entao vamos la mesmo hora de arregaçar as mangas em um dos momentos mais precarios que esta a area da saúde com essa pandemia do cao ! todas essas empresas grandes multinacionais devem fazer o mesmo tbm, sem mais !

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência