Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
Kawasaki adota novas ações de combate ao coronavírus em Manaus

COVID-19 | 27/03/2020 | 13h10

Kawasaki adota novas ações de combate ao coronavírus em Manaus

Empresa reduziu em 40% a equipe em atividade no Amazonas; Triumph ainda opera normalmente

MÁRIO CURCIO, AB

A fábrica de motos Kawasaki de Manaus (AM) adotou novas ações de combate à Covid-19, doença provocada pelo coronavírus. A empresa enviou para casa 40% de seu efetivo como forma de reduzir o risco de contágio. No centro técnico de Barueri (SP, onde também fica o depósito de peças), a Kawasaki está trabalhando com metade da equipe.

Na primeira quinzena de março a empresa já monitorava situações de risco. O Polo Industrial de Manaus emprega 13 mil pessoas no setor de duas rodas (motos e bicicletas). As empresas BMW, Harley-Davidson, Honda e Yamaha decidiram interromper totalmente a produção no Amazonas. A Kawasaki informa que orientou todos os concessionários a manter as portas fechadas até nova recomendação dos órgãos competentes.

“As vendas on-line continuam, assim como nossa agenda de lançamentos. Até o momento, nossa programação não sofreu alterações”, afirma a responsável por vendas e marketing da empresa, Sonia Harue.

A linha de montagem da Triumph em Manaus ainda não sofreu impacto. Segundo a fabricante, o cronograma de produção permanece inalterado, sem previsão de interrupções. A unidade tem apenas 62 funcionários na soma de produção e setor administrativo. A companhia também informa que não houve desabastecimento de kits para montagem das motos. A maioria das peças vem da Tailândia.



Tags: Kawasaki, Covid-19, coronavírus, Triumph, Sônia Harue.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência