Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Fábricas de motos começam a interromper produção em Manaus
Honda detém quase 80% do mercado de motos e emprega 7 mil pessoas em sua fábrica no Amazonas

COVID-19 | 24/03/2020 | 20h45

Fábricas de motos começam a interromper produção em Manaus

Funcionários da Honda ficarão em casa a partir do dia 27 e os da BMW, em 30 de março; Yamaha para no dia 31

MÁRIO CURCIO, AB

A produção de motos em Manaus (AM) começa a parar também como prevenção à Covid-19, causada pelo coronavírus. A fila foi puxada pela Honda, que detém quase 80% do mercado nacional do segmento e emprega 7 mil trabalhadores. Suas linhas serão suspensas em 27 de março, com retomada prevista em 20 de abril.

Os funcionários envolvidos diretamente no processo produtivo entram em férias coletivas a partir de 30 de março e as jornadas entre os dias 27 e 30 serão compensadas com a utilização do banco de horas.

A empresa também está direcionando o maior número possível de profissionais das áreas administrativas para férias coletivas ou regime de home office. Para as atividades imprescindíveis haverá um número mínimo de colaboradores. A produção de automóveis da Honda já parou.

O BMW Group Brasil inicia a paralisação da unidade de Manaus a partir de 30 de março, com retorno previsto para 23 de abril. Outras ações para aumentar a proteção na fábrica foram o cancelamento de viagens, proibição de aglomerações na produção e na área administrativa. A montadora também adotou home office para parte dos trabalhadores.

A fábrica de motos BMW emprega cerca de 200 pessoas. Assim como ocorreu para a Honda, a fábrica de automóveis BMW também adotou férias coletivas.

A Yamaha também decidiu interromper a produção em Manaus. A parada terá início no dia 31 de março, com retorno previsto em 20 de abril. A empresa cancelou viagens e vem adotando home office e videoconferências, sobretudo na unidade de Guarulhos (SP), onde ficam as principais áreas administrativas da empresa.

Em poucos dias, a paralisação será estendida também às fabricantes de bicicletas instaladas no Polo Industrial de Manaus, entre elas a Caloi.



Tags: Honda, BMW, Yamaha, motos, bicicletas, Covid-19, coronavírus.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência