Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Mercado brasileiro impulsiona lucro e receita da Marcopolo em 2019

Balanço | 27/02/2020 | 19h49

Mercado brasileiro impulsiona lucro e receita da Marcopolo em 2019

Empresa registra receita líquida recorde e crescimento de 11% no lucro líquido

REDAÇÃO AB

A fabricante de carrocerias de ônibus Marcopolo registrou lucro líquido maior em 2019 e uma receita líquida recorde no período. Em nota divulgada na quinta-feira, 27, a empresa informa que a demanda do mercado brasileiro respondeu por mais da metade dos negócios que geraram a receita líquida. A empresa manteve a liderança no mercado doméstico, com 49,8% de parcticipação.




A receita líquida fechou em R$ 4,31 bilhões no ano passado, alta de 2,8% sobre os ganhos de 2018, enquanto o lucro líquido atingiu R$ 212 milhões, aumento de 11%. Segundo a empresa, os negócios no Brasil aumentaram 17,6%, passando de R$ 1,91 bi em 2018 para R$ 2,25 bilhões, sendo o Brasil responsável por 52,2% de toda a receita líquida.

O bom resultado financeiro não reflete necessariamente os números da produção: em 2019, a Marcopolo fabricou um total de 15,7 mil ônibus em todo o mundo, volume 2,2% abaixo do registrado no ano anterior. Deste total, 13,3 mil foram feitos no Brasil.

O fornecimento para clientes do mercado brasileiro cresceu 2,9% para 10,5 mil unidades, mas não compensou em volume a queda de 24,1% registrada nas exportações, com pouco mais de 2,8 mil.

“No Brasil, o processo de recuperação de volumes foi arrefecido pela menor demanda de ônibus rodoviários com maior valor agregado e com entregas menores ao programa Caminho da Escola”, comenta o CFO e diretor de relações com investidores da Marcopolo, José Antonio Valiati.

Segundo o executivo, as exportações recuaram 25,4% para pouco mais de R$ 1 bi. “A demanda foi afetada por crises nos principais mercados sul-americanos e menores volumes vendidos para o continente africano”, explica.

Nas unidades que mantém fora do Brasil, a encarroçadora apurou crescimento de 13,6% na receita, para R$ 1,04 bilhão. O volume de produção das fábricas no exterior somou 2,4 mil ônibus, 12,4% a mais do que em 2018. O destaque fica para a operação na Austrália que conseguiu reverter a condição de prejuízo registrada no ano anterior, apesar do volume menor de vendas.

Para 2020, a empresa aposta em continuidade do crescimento da demanda no mercado brasileiro e recuperação das exportações com resultados melhores em todas as operações internacionais.



Tags: Marcopolo, balanço, mercado brasileiro, ônibus, receita líquida, vendas de ônibus.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência