Automotive Business
  
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Brasil se torna 2º maior mercado para a Chevrolet

Mercado | 10/02/2020 | 12h48

Brasil se torna 2º maior mercado para a Chevrolet

Com 475,6 mil unidades, País ficou atrás somente dos Estados Unidos

REDAÇÃO AB

Com 475,6 mil veículos emplacados em 2019, o Brasil se tornou o segundo maior mercado da Chevrolet no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos. O principal motivo foram as boas vendas do modelo Onix nas versões hatch e sedã (antes Prisma, agora Onix Plus). As duas carrocerias ajudaram a impulsionar em 9,5% os resultados da marca no ano passado, enquanto o mercado de automóveis e comerciais leves cresceu 7,6%.

Foram ao todo 314,9 mil unidades da linha Onix, equivalentes a 66,2% de tudo o que General Motors vendeu no Brasil no ano passado. “Mesmo com a recuperação do mercado brasileiro mais lenta do que imaginávamos, a evolução dos nossos produtos e da Chevrolet fazem com que a primeira escolha do consumidor seja pela nossa marca”, afirma o presidente da General Motors para a América do Sul, Carlos Zarlenga.

A renovação do Onix começou em setembro de 2019 pela versão sedã. O lançamento da segunda geração do hatch ocorreu no fim de novembro.

Os novos Onix e Onix Plus são montados em Gravataí (RS) e a geração antiga, tanto do hatch como do sedã, continua sendo fabricada em São Caetano do Sul (SP) como modelos de entrada da marca. Com a chegada dos novos carros e manutenção dos antigos, o hatch consolidou a liderança de mercado e o sedã se tornou o segundo automóvel mais vendido do País nos meses de dezembro de 2019 e janeiro de 2020.



Tags: Chevrolet, Onix, Onix Plus, Prisma, Carlos Zarlenga.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência