Automotive Business
  
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Venda de máquinas cai 5,9% em janeiro

Mercado | 06/02/2020 | 18h40

Venda de máquinas cai 5,9% em janeiro

Falta de crédito ainda impacta o setor; produção e exportações também recuam

MÁRIO CURCIO, AB

A venda interna de máquinas agrícolas e rodoviárias começou 2020 com 2,5 mil unidades entregues à rede em janeiro, registrando queda de 5,9% em relação ao mesmo período do ano passado. A retração foi puxada pelos dois segmentos de maior volume, os tratores de rodas (1,8 mil unidades, -11,1%) e colheitadeiras (340 equipamentos, -24,1%. Os números foram divulgados pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

“É um movimento sazonal e também ocasionado pela falta de crédito”, afirma o vice-presidente da Anfavea, Alfredo Miguel Neto.



O executivo atribui a retração do mercado em janeiro à escassez de crédito pelo governo, mas recorda que ações adotadas pelo BNDES e pelo Banco do Brasil começam a levar os bancos privados a praticar taxas mais baixas e também a combater a falta de previsibilidade, que todo ano impacta o produtor agrícola.

Miguel Neto afirma também que o ano começou favorável às colhedoras de cana (em virtude da valorização do açúcar) e às máquinas de construção (por causa da retomada de obras de infraestrutura). A venda de tratores de esteira e retroescavadeiras teve crescimento expressivo neste começo de ano.

A produção de máquinas começou o ano com 2,4 mil unidades e queda de 15,6% ante janeiro do ano passado. Exceto pela montagem de retroescavadeiras e colhedoras de cana, todos os outros segmentos recuaram em janeiro. Mesmo assim, Miguel Neto afasta a possibilidade de corte de mão de obra no setor. Até o fim do ano os fabricantes instalados no Brasil esperam produzir 56 mil unidades, volume 5,4% mais alto que o anotado em 2019.

As exportações de máquinas somaram 546 unidades em janeiro, resultando em queda de 26,2%. Neste início de ano o Brasil enviou 284 tratores de rodas ao mercado externo, 18,3% a mais que em janeiro do ano passado. Em contrapartida, as exportações de tratores de esteiras recuaram 63,7% ao somar 121 unidades no mês. E a venda de retroescavadeiras caiu 39,7%, com 79 unidades embarcadas.



- Faça aqui o download dos dados da Anfavea
- Faça aqui o download das projeções da Anfavea
- Veja outras estatísticas em AB Inteligência





Tags: Máquinas agrícolas, máquinas rodoviárias, Anfavea, Alfredo Miguel Neto, exportações, tratores, colheitadeiras, colhedoras de cana, retroescavadeiras.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência