Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
Ducati pega carona na Audi para aumentar a rede de revendas
Diego Borghi, presidente da Ducati do Brasil, comemora alta de 19% nas vendas da marca em 2019 (foto: Mário Curcio)

Mercado | 22/01/2020 | 15h12

Ducati pega carona na Audi para aumentar a rede de revendas

Bom resultado em concessionária do Centro-Oeste motivou expansão do modelo de negócios

MÁRIO CURCIO, AB

A Ducati vai expandir sua rede de revendas em 2020 utilizando espaços dentro de concessionárias Audi. Como consequência, os emplacamentos da marca crescerão ao menos 10% este ano. A decisão decorre do bom resultado colhido em Campo Grande (MS), onde a implantação de uma revenda conjunta resultou na venda de 70 motocicletas Ducati em pouco mais de nove meses. O compartilhamento do espaço tem um motivo: a Ducati pertence à Audi desde 2012.

“Campo Grande é o local onde temos a maior participação entre as marcas premium de motos”, afirma o presidente da Ducati do Brasil, Diego Borghi.



A rede Ducati atual tem 12 concessionárias. Até o fim do ano serão 16. As quatro novas também estarão dentro de concessionárias Audi. Três já têm locais definidos: Rio de Janeiro, Paraná e Mato Grosso. Em 2019 a Ducati teve 1.188 unidades emplacadas, volume 19% mais alto que o do ano anterior.

“De todos os mercados mundiais, o Brasil teve o maior crescimento para a marca no ano passado”, recorda Borghi. O País é o oitavo no ranking de vendas da Ducati. O primeiro é a Itália, seguido dos Estados Unidos.

É bem provável que a Ducati cresça mais de 10% este ano: a projeção de alta da Fenabrave (entidade que reúne as associações de concessionários) é de 9% considerando o mercado total, dominado por motos de baixa cilindrada. Os modelos acima de 500 cc como todos da Ducati crescerão acima dessa média e a marca italiana ainda terá a ampliação da rede de revendas.

Com isso, é provável que a Ducati feche 2020 com 1,4 mil unidades. A chegada de uma nova Scrambler em março e de duas big trails no segundo semestre reforça essa possibilidade.

PRODUÇÃO PERMANECE NA DAFRA


A Ducati nacionaliza suas motos em Manaus (AM) dentro da estrutura da Dafra e não pretende abrir a própria unidade em curto prazo. “Não dá para pensar em fábrica própria com menos de 3 mil unidades anuais. E a Dafra vem fazendo um bom trabalho para nós”, garante Borghi.

GARANTIA ESTENDIDA


A Ducati lançou na quarta-feira, 22, um programa de extensão da garantia de suas motos de dois para até cinco anos. O benefício foi viabilizado em conjunto com o Banco Volkswagen. Chamado Ever Red, o plano é válido para qualquer moto nova ou usada que ainda esteja dentro do período de garantia.

Como exemplo, a extensão em um ano da garantia de uma Monster 797 custa R$ 610,37. Se for uma Multistrada 1260 S o valor sobe para R$ 1.130,15. Os reparos são feitos dentro de concessionárias e incluem reboque 24 horas sem limite de quilometragem.



Tags: Ducati, Audi, Centro-Oeste, Monster, Multistrada, Diego Borghi.

Comentários

  • Rafael

    Brilhanteestratégia. Alinhada com o objetivo do VW Konzern. Parabéns Sr. Borghi.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência