Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Ford Mustang Black Shadow chega no começo de 2020
Série comemorativa tem teto e aerofólio pretos, rodas especiais de 19 polegadas. Motor V8 tem 466 cavalos

Lançamentos | 12/12/2019 | 16h20

Ford Mustang Black Shadow chega no começo de 2020

Série comemorativa de 55 anos tem preço definido em R$ 328,9 mil

MÁRIO CURCIO, AB

A Ford trará em 2020 o Mustang Black Shadow, edição comemorativa de 55 anos do esportivo. O carro chega no começo do ano por R$ 328,9 mil. A montadora promete outros oito lançamentos para 2020, sendo um deles o SUV Territory, que virá da China para concorrer com o Jeep Compass.

“Estou trabalhando também para trazer o Mach-E”, afirma o presidente da Ford para a América do Sul, Lyle Watters, referindo-se ao SUV elétrico apresentado em novembro, no Salão de Los Angeles. O mais provável é que chegue a partir de 2021.

O Mustang Black Shadow tem motor 5.0 V8 de 466 cavalos e transmissão automática de dez marchas. A base mecânica é a mesma do GT 3 Premium, já à venda no Brasil. A série especial traz teto e aerofólio pretos, faixas exclusivas nas laterais e no capô e novas rodas de 19 polegadas. O cavalinho da grade também é preto em vez de cromado.

O interior usa revestimento de couro alcântara e o painel central recebe aplique de fibra de carbono. O Mustang é produzido na fábrica de Flat Rock, em Michigan (EUA). O Black Shadow acelera de zero a 100 km/h em 4,3 segundos e atinge velocidade máxima de 250 km/h. Com 4,79 metros de comprimento e distância entre eixos de 2,72 m, é um carro imenso.


Mustang Black Shadow traz câmbio automático de dez marchas, revestimento de couro alcântara e aplique de fibra de carbono no painel

O primeiro Mustang foi lançado nos Estados Unidos em 1964. Parte de seu sucesso é atribuída ao fato de ele ter chegado ao mercado quando as crianças nascidas após o fim da Segunda Guerra Mundial (os chamados baby boomers) começavam a atingir a maioridade.

Mas não foi só isso. A criação de Lee Iaccoca trazia em seu desenho forte influência da indústria aeronáutica, mas sem o exagero das formas pontiagudas e rabos-de-peixe que atravessaram os anos 1950 e persistiam na década seguinte. E a indústria automobilística se desenvolvia num ritmo veloz como a tecnologia da época.

Basta lembrar que os Estados Unidos já disputavam com a Rússia a corrida espacial quando o Mustang chegou ao mercado e cinco anos depois disso o homem pisou na Lua. Talvez seja o próprio Mustang o filho mais representativo de toda a indústria daquele período.



Tags: Ford, Mustang, Black Shadow, Territory, Jeep, Compass, Mach-E, SUV elétrico, Lyle Watters.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência