Automotive Business
  
Siga-nos em:

Notícias

Ver todas as notícias
FCA confirma terceiro modelo Jeep em Pernambuco
Tânia Silvestri, diretora da Jeep, afirma que a montadora trabalha para fortalecer a localização de fornecedores em Goiana

Indústria | 04/12/2019 | 19h04

FCA confirma terceiro modelo Jeep em Pernambuco

Próximo SUV será maior que o Compass, pode ter 7 lugares e chega em 2021

MÁRIO CURCIO, AB

A FCA confirmou a produção de um terceiro modelo Jeep na fábrica de Goiana (PE) em 2021. O novo SUV é parte de um ciclo de investimento de R$ 7,5 bilhões iniciado em 2018 e que termina em 2022. A informação foi divulgada na tarde da quarta-feira, 4.

“Será um carro do segmento D, portanto maior que o Compass”, afirma a diretora comercial da marca Jeep, Tânia Silvestri.



Ao ser questionada se terá sete lugares, ela foi evasiva e disse apenas que “será um modelo com diferentes configurações e níveis de acabamento”.

A executiva admite a possibilidade de exportação para a América Latina, como ocorre com Renegade e Compass. Além dos lançamentos, Tânia afirmou também que a Jeep trabalha para fortalecer o processo de localização de fornecedores em Goiana.

Em cinco anos (de 2014 a 2019) a fatia da Jeep saltou de 1% para 22% no segmento de SUVs. Em 2019 foram 118,3 mil unidades emplacadas de janeiro a novembro. O Brasil é o segundo maior mercado da montadora, atrás somente dos Estados Unidos. A produção local e o lançamento do Renegade e do Compass permitiram que a Jeep avançasse quando o mercado encolhia em razão da crise econômica.

Sua imagem também se fortaleceu no período. O conhecimento da Jeep entre os consumidores saltou de 86% para 98% e a consideração de compra passou de 16% para 43%.



Tags: FCA, Jeep, Tânia Silvestri, Renegade, Compass, SUV.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência