Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Volvo lança pacote de segurança ativa para ônibus rodoviário
Ônibus da Transacácia roda com pacote de segurança ativa da Volvo: frenagem de emergência e aviso de mudança de faixa estão incluídos

Transportes | 05/11/2019 | 18h28

Volvo lança pacote de segurança ativa para ônibus rodoviário

Entre as opções, sistema conta com frenagem autônoma de emergência e aviso de mudança de faixa

SUELI REIS, AB | De Curitiba (PR)

A Volvo lançou novo pacote de segurança ativa SSA para ônibus rodoviários, que funções como frenagem autônoma de emergência e aviso de mudança de faixa. O sistema oferecido como opcional agrega tecnologias que ajudam a evitar acidentes e manter a atenção do motorista durante o trajeto.

O pacote estreia em dois ônibus no mercado brasileiro, um vendido à Transacácia, de Maringá (PR), que faz rotas no Brasil e Mercosul, e o segundo para a empresa Pedra Azul, do Espírito Santo, ambas especializadas no segmento de turismo. Segundo a Volvo, o SSA acrescenta R$ 25 mil ao preço final do chassi para o cliente.

Para o presidente da Volvo Bus na América Latina, Fabiano Todeschini, toda adoção de nova tecnologia traz um custo adicional que é inicial e passivo de mudança conforme a evolução da demanda do mercado: “Daqui a cinco anos esse valor será menor. No início, até podemos perder algum volume de venda, mas a Volvo escolhe ser pioneira na segurança. É o que aconteceu com a adoção de freios a disco que substituíram o freio a tambor em 100% do portfólio de chassis rodoviários”, argumenta.

Segundo o diretor de vendas de ônibus no Brasil, Paulo Arabian, a estimativa é de que inicialmente o SSA vai equipar cerca de 5% do volume total de vendas da Volvo Bus em 2020 no Brasil. A empresa estima que o mercado brasileiro de ônibus rodoviários cresça 15% no próximo ano: no acumulado de 2019 até outubro o segmento avançou 16%, enquanto a Volvo anotou alta de 36% no mesmo período, representando 4% de market share. O Brasil responde por 60% das vendas da montadora na América Latina.

“O horizonte é de uma participação crescente e acredito que esse share de 5% vai ser ultrapassado já na largada [das vendas do ano]”, estima Arabian.

Todeschini complementa ao comentar que esse tipo de sistema de segurança será obrigatório no Peru a partir de 2020 para todos os veículos que prestam serviço ao setor de mineração. “Então esse será também um impulsionador para o mercado da América Latina”, diz.

TECNOLOGIA EMBARCADA


O pacote SSA é oferecido somente para ônibus novos (não é possível instalar em modelos que já estão em uso) e é disponível para as configurações de chassis Volvo 4x2, 6x2 e 8x2 com motor traseiro. São três sistemas de segurança ativa: aviso de colisão frontal com frenagem de emergência, aviso de mudança de faixa e piloto automático adaptativo (ACC). Alia-se a eles o sistema de controle automático de velocidade, já lançado pela Volvo para o segmento de ônibus urbanos.

O aviso de colisão frontal funciona com o auxílio de um radar instalado no para-choque do ônibus e uma câmera fixada no para-brisa. Em conjunto, eles calculam a velocidade e a distância do ônibus com relação ao veículo à frente e em caso de colisão iminente começa a agir: primeiro emite um sinal visual no painel quando a distância atinge 500 metros, se o motorista não agir e acionar o freio, por exemplo, o sistema passa a emitir também um sinal sonoro. Se nada for feito por parte do motorista, o SSA passa então a frear o ônibus automaticamente de forma gradativa quando este atinge 300 metros de distância do veículo à frente – o que também pode ser uma bicicleta, pedestre ou mesmo animais em pista.

Por fim, se a colisão ainda se mostra iminente, o sistema freia o ônibus totalmente e de forma autônoma ao atingir uma distância de 250 metros, mesmo sem a ação do motorista, evitando a colisão. Testes mostram que a frenagem para a uma distância de um metro e meio do veículo à frente. O sistema liga o pisca alerta do veículo e a luz de freio durante todo o processo.

O sistema de mudança de faixa entra em ação quando o ônibus começa a oscilar pelas faixas tanto da direita quanto da esquerda sem acionar as setas. Também emite sinais visual e sonoros no display do painel, além de fazer vibrar o assento do motorista. Ao mesmo tempo, um sinal de alerta projeta uma barra vermelha de luzes LED no para-brisa (Heads Up Display) facilitando a visualização do condutor para um eventual risco de impacto com outro veículo.

Com o piloto automático adaptativo é possível manter uma distância prévia e segura com relação ao veículo à frente, que é definida pelo motorista. Completa o pacote o controle automático de velocidade, que por meio de GPS, identifica com precisão onde o veículo está e reduz, de forma automática, a velocidade em áreas críticas, tais como curvas perigosas ou em terminais rodoviários, por exemplo.

Como ocorre com os demais sistemas, ele é independente da ação do motorista. Para ativá-lo, o operador define com antecedência os pontos em que deseja reduzir a velocidade por meio de programação remota na plataforma de conectividade da Volvo. É possível reprogramar a qualquer momento e ajustar a velocidade máxima do veículo de forma remota e instantânea.



Tags: Volvo, ônibus rodoviário, segurança, frenagem autônoma, frenagem de emergência.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência