Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Veículos pesados acumulam alta próxima a 40% no ano

Mercado | 01/11/2019 | 19h22

Veículos pesados acumulam alta próxima a 40% no ano

Caminhões e ônibus emplacados até outubro superam as 106 mil unidades

MÁRIO CURCIO, AB

A venda de veículos pesados somou no acumulado do ano 106,8 mil unidades, registrando alta de 39,3% sobre iguais meses do ano passado. O crescimento decorre da demanda aquecida tanto por caminhões como ônibus. Os números foram divulgados pela Fenabrave, federação que reúne as associações de concessionários.



- Faça aqui o download dos dados da Fenabrave
- Veja outras estatísticas em AB Inteligência



Com 23 úteis, o mês de outubro anotou 12,2 mil emplacamentos de pesados, volume 7,9% maior na comparação com setembro, que teve dois dias úteis a menos. O crescimento em outubro foi semelhante ao anotado pelos veículos leves.

A análise por segmento mostra que nestes dez meses foram emplacados no País 84,2 mil caminhões. O total é 37,9% maior que o de igual período de 2018 e tem como principais motivos o aumento do volume de vendas de extrapesados para o transporte de grãos e a retomada dos negócios no varejo, com aumento da venda de veículos de médio porte.

O licenciamento de ônibus nestes dez meses teve 22,5 mil unidades, resultando em alta de 44,4% sobre os mesmos dez meses do ano passado. A razão para isso são as licitações para renovação de frotas urbanas, mas as empresas de transporte intermunicipal e interestadual também estão investindo na troca e ampliação do número de veículos.



Tags: Caminhões, ônibus, emplacamentos, Fenabrave, licitações, renovação de frotas.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência