Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
FCA registra prejuízo no 3º trimestre, apesar de receita recorde na América do Norte

Balanço | 31/10/2019 | 19h56

FCA registra prejuízo no 3º trimestre, apesar de receita recorde na América do Norte

Na América Latina, faturamento cresce 10% graças ao Brasil

REDAÇÃO AB

O Grupo FCA Fiat Chrysler registrou prejuízo líquido de € 179 milhões (quase US$ 200 milhões) ao fechar o balanço do terceiro trimestre, informa em comunicado divulgado na quinta-feira, 31. Em igual período do ano passado, a organização reportou lucro líquido de € 564 milhões. Segundo o relatório, o resultado negativo se deve a um desempenho muito fraco na Europa, onde as vendas caíram 13% no período, e à marca de luxo Maserati, cujas vendas recuaram significativamente, gerando prejuízo de € 51 milhões e receita 38% menor.

O faturamento global da FCA ficou praticamente estável no período entre julho e setembro, com leve queda de 1%, ao fechar em € 27 bilhões.

A companhia ítalo-americana anotou resultado recorde na América do Norte, com lucro operacional recorde de € 2 bilhões para o período, alta de 4% sobre igual trimestre de 2018, atribuído a controle de custos, aumento de preços, mix favorável de produtos e efeitos positivos de câmbio, apesar de uma queda de 11% no volume de vendas. O faturamento na região ficou estável em € 19 bilhões.

"Nossos fortes resultados do terceiro trimestre, com base na lucratividade recorde da América do Norte, nos colocam em posição de entregar nossa estimativa esperada para o ano e melhorar ainda mais o desempenho financeiro em 2020”, declarou em nota o CEO da FCA Mike Manley.

Na América Latina, o faturamento cresceu 10% no terceiro trimestre ao atingir os € 2,19 bilhões, graças ao maior volume de vendas no Brasil, que compensou a queda na Argentina. O resultado também é atribuído a um melhor mix de produtos e efeitos positivos do câmbio. O lucro operacional na região avançou significativos 83%, para € 152 milhões, devido à maior receita líquida, parcialmente compensada por custos industriais mais altos, principalmente pela inflação na área de compras.

Na região EMEA, que reúne os resultados de Europa, Oriente Médio e África, a FCA reportou faturamento de € 4,6 bilhões, queda anual de 6%, e um prejuízo de € 55 milhões, maior que o prejuízo de € 25 milhões registrado no terceiro trimestre do ano passado.



Tags: FCA, balanço, prejuízo, receita, faturamento.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência