Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Ford fecha fábrica, sindicato culpa governo por impasse na compra pela Caoa

Indústria | 29/10/2019 | 18h15

Ford fecha fábrica, sindicato culpa governo por impasse na compra pela Caoa

Entrave político teria barrado concessão de empréstimo pelo BNDES para viabilizar operação em São Bernardo

REDAÇÃO AB

Durante a última assembleia realizada na fábrica da Ford pelo Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo (SP), permaneceu o impasse sobre a compra da unidade pelo Grupo Caoa. Os sindicalistas culpam o governo pela entrave político que estaria barrando a concessão de empréstimo pelo BNDES à Caoa para viabilizar a operação.

Durante a assembleia na porta da Ford na manhã da terça-feira, 29, o presidente do sindicato, Wagner Santana, afirmou que a aquisição da planta pela Caoa só dependia de "uma decisão política deste governo federal para aprovar o financiamento do BNDES, porque lá não falta dinheiro, só precisa alguém mandar fazer", disse. Santana afirmou ainda que em reuniões mantidas com representantes do Grupo Caoa, a empresa havia confirmado que pretendia fazer caminhões e automóveis na planta e que para isso dependia dos recursos do BNDES.

Sem o anúncio do acordo para a compra da unidade, a montagem dos caminhões será interrompida na quarta-feira, 30, e 600 metalúrgicos que ainda restam na linha de produção serão demitidos, somando-se aos 1,5 mil que já foram desligados.

A conclusão da compra da fábrica do Taboão pela Caoa era aguardada na metade de outubro, mas estaria emperrada até agora por causa da não aprovação de um financiamento do BNDES, apesar de a Caoa ter informado há quase dois meses que não tomaria esse empréstimo. Ainda assim, acredita-se que o negócio seja concretizado nos próximos dias em razão de entendimentos ocorridos entre a Ford, o Estado de São Paulo e o Grupo Caoa.

No dia 3 de setembro, o governo do Estado convocou a imprensa para confirmar a intenção do Grupo Caoa de adquirir as instalações da Ford do ABC.. Sentaram-se à mesa o fundador e dono do Grupo Caoa, Carlos Alberto de Oliveira Andrade, o governador João Doria e o presidente da Ford para a América do Sul, Lyle Watters.

Assista trechos da última assembleia da Ford em São Bernardo do Campo:



Tags: Ford, Caoa, Wagner Santana, BNDES, João Doria, Lyle Watters.

Comentários

  • FabioJunto

    Depoisde nocautearem a Ford com mais de 2 mil processos trabalhistas e evidentemente outras mazelas protelatórias, vem com essa conversinha de mimimi alegando responsabilidade do governo em mandar fazer....

  • MarinalvaFontes

    Eu,não sei quem a Ford, Governo de São Paulo, Prefeito de São Bernardo do Campo querem enganar, A Ford, já vem há anos, deixando a planta do ABC de lado, investimentos somente havia para Camaçari e outras região, o mato estava tomando conta, o prédio sem manutenção nenhuma, e agora todos esses senhores aparecem para salvar, salvar eles mesmos. Estava na cara, que a Ford e esses senhores, estava tramando, eu aposto a dizer que até o sindicato deveria saber de tudo....povo, funcionários acorda...

  • paulo

    eos trabalhadores da racing sem salário,direitos trabalhistas a 3 anos sem resposta e o sindicato não fez nada diziam não ser sua jurisdição por serem terceiros agora querem força tarefa pra salvar o que restou da sucateada Ford,terceiro não come,não compra,não vive? como disse no comentário acima era uma sucata de fábrica fazendo carroças.

  • JoseCortez Munhoz

    Seexiste culpado por este fechamento é a própria Ford pela sua Gestão sem interesse neste País. Aliás tem interesse sim de comercializar veículos vindo de outros países inclusive da Argentina onde irá produzir um SUV e o sindicato. O governo federal não tem nada ver com isso. Claro que estes sindicalistas petistas neste momento vão jogar a culpa no governo federal. O senhor Carl, que deve ter levado a parte dele. O Senhor Carlos Alberto ( CAOA ) como muitos empresários brasileiros querem comprar tudo com o dinheiro do BNDES a fundo perdido e o povo que se dane. Esta estória não cola mais, vide Eike Batista, Sergio Habib e companhia limitada.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência