Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Mercedes-Benz começa grande renovação de SUVs no Brasil
Novo GLC 220d recebe motor 2.0 turbodiesel de 194 cv e câmbio automático de 9 marchas

Lançamentos | 22/10/2019 | 23h35

Mercedes-Benz começa grande renovação de SUVs no Brasil

GLC dá início à nova safra com motor a diesel e duas versões; em novembro vem o GLC Coupé a gasolina

MÁRIO CURCIO, AB | De Amparo (SP)

Nos próximos nove meses a Mercedes-Benz promete renovar sua linha de utilitários esportivos. O primeiro a chegar desta nova safra é o GLC SUV. Ele estará na rede de concessionárias a partir da sexta-feira, 25, em duas versões, 220d 4Matic Off-Road e 220d 4Matic Enduro, ambas com motor 2.0 turbodiesel de 194 cavalos. A transmissão é automática de nove marchas. Em novembro as concessionárias recebem o CLC Coupé, neste caso com motor a gasolina.

“Até o fim do ano traremos também o GLE”, garante Holger Marquardt, diretor de marketing e vendas para automóveis Mercedes-Benz na América Latina.



Os próximos SUVs a chegar serão o GLS, o GLE Coupé, o GLB (um novo modelo) e, por fim, o GLA, utilitário esportivo mais acessível da Mercedes e montado no Brasil. Holger Marquardt comparou o prazo de nove meses a uma gestação e acredita que os novos “filhotes” trarão também a volta da Mercedes à liderança do segmento premium em 2020, perdida no primeiro semestre de 2019.


Utilitário esportivo mede 4,66 metros. Quadro de instrumentos usa tela de alta resolução que permite 3 layouts diferentes. Central multimídia atende a comandos de voz e tem display sensível ao toque

No acumulado até setembro a marca ocupa a segunda posição, com 7,3 mil automóveis emplacados e queda de 17,5% na comparação com iguais meses do ano passado. A BMW teve neste mesmo período 9 mil unidades licenciadas e cresceu 8,8% na comparação interanual.

MUDANÇAS E CONTEÚDO DO NOVO GLC


A linha GLC atualizada recebeu novos faróis e para-choques. O volante multifuncional traz agora touch pads, pequenas áreas sensíveis ao toque para seleção e troca de funções. O quadro de instrumentos tem tela de cristal líquido de alta resolução com 12 polegadas e três opções de aparência, convencional, clássica e esportiva.

A central multimídia traz pela primeira vez num SUV da marca a tecnologia MBUX (iniciais de Mercedes-Benz User Experience), que permite ajustes por comando de voz e facilita a visualização e ativação das funções existentes no carro. A tela é sensível ao toque e tem 10,2 polegadas.

Desde a versão Off-Road, mais acessível, o GLC recebe tração integral permanente, bancos do motorista e passageiro com ajustes elétricos e memória, carregador sem fio (para celulares compatíveis com esse recurso), chave presencial, faróis totalmente em LEDs, controlador automático de velocidade, airbag para os joelhos, assistente para ventos laterais, controle eletrônico de estabilidade, assistente de partida em rampa e monitoramento da pressão dos pneus.


Desde a versão mais acessível o GLC a diesel recebe bancos dianteiros com ajustes elétricos e memória. Porta-malas comporta 550 litros. Com banco traseiro rebatido são 1,6 mil litros

A relação de itens de condução semiautônoma do GLC inclui o Lane Tracking Package, capaz de trazer o carro de volta à faixa em caso de distração do motorista. O pacote recebe o assistente de ponto cego.

Para a versão Enduro há também um conjunto de recursos para estacionamento capaz de colocar e tirar o carro de vagas paralelas e perpendiculares. Esse pacote é formado por 12 sensores ultrassônicos, câmera em 360 graus (que exibe uma vista aérea e virtual do carro), câmera de ré com guias coloridas e outros recursos auxiliares.

Também são itens exclusivos da versão Enduro o teto solar, iluminação interna com 64 cores possíveis, som Burmester e sistema Distronic, capaz de acompanhar o tráfego de uma rodovia, freando e reacelerando o carro.

A motorização a diesel é oferecida no Brasil pela primeira vez no GLC. De acordo com a Mercedes, ele acelera de zero a 100 km/h em 7,9 segundos. A velocidade máxima é limitada em 215 km/h. Ainda segundo a montadora, mais de 80% dos compradores do modelo serão homens.

GLC COUPÉ É O PRÓXIMO



Na primeira semana de novembro a rede Mercedes inicia as vendas do GLC 300 4Matic Coupé. Seu motor, um 2.0 turbo a gasolina, produz 258 cv. Dados da Mercedes-Benz indicam aceleração de zero a 100 km/h em 6,3 segundos e velocidade máxima limitada em 240 km/h.



Tags: Mercedes, Mercedes-Benz, GLC, 220d, 4Matic, Holger Marquardt, GLC 300 4Matic Coupé.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência