Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Onix Plus, novo sedã mundial da GM, começa em R$ 54.990
Carroceria é mais segura por utilizar 17% mais aços de alta resistência. Sedã chega à rede Chevrolet até o fim do mês

Lançamentos | 13/09/2019 | 12h57

Onix Plus, novo sedã mundial da GM, começa em R$ 54.990

Modelo recebe motores 1.0 Ecotec de três cilindros com 82 a 116 cavalos produzidos em Joinville

MÁRIO CURCIO, AB | Porto Alegre (RS)

Reportagem atualizada em 14 de setembro às 13h30

O Chevrolet Onix Plus, versão sedã do novo carro mundial da GM, passa a ser equipado com motores Ecotec 1.0 de três cilindros. A opção aspirada produz até 82 cavalos e parte de R$ 54.990. Com turbo são 116 cv. Neste caso o valor inicial sobe para R$ 61.190. Desde a versão de entrada o carro recebe ar-condicionado, direção com assistência elétrica, seis airbags, assistente de partida em rampa, controle eletrônico de estabilidade e entradas USB na frente e também para o banco traseiro. Vale lembrar que, nesta mudança de geração, a GM trocou de Prisma para Onix Plus o nome do sedã.

“O nome Onix se tornou uma marca tão forte que precisava crescer”, afirma o presidente da General Motors para a América do Sul, Carlos Zarlenga.



O sedã LT turbo traz faróis de neblina, rodas de liga leve de 15 polegadas, sistema GM On Star e Wi Fi capaz de conectar sete dispositivos simultaneamente até 15 metros de distância do automóvel. A entrega de internet é pela operadora Claro, sendo gratuita pelos três primeiros meses e depois renovável por planos mensais a partir de R$ 29,90. A conectividade foi a grande aposta da GM no lançamento da primeira geração do Onix (com o sistema My Link) e a aplicação do Wi-Fi a partir de versões intermediárias é um forte atrativo do carro novo, que tem como principais concorrentes o Volkswagen Virtus e o Hyundai HB20S.

MOTORIZAÇÃO 1.0


A General Motors produz em Joinville (SC) seu novo motor Ecotec 1.0 com três cilindros, semelhante ao que a Opel utiliza no Adam. A fábrica recebeu em 2017 investimento de R$ 1,9 bilhão e teve sua capacidade ampliada de 120 mil para 420 mil motores por ano. A área da unidade subiu de 15 mil metros quadrados para 68,2 mil m2. Opera atualmente em dois turnos.

O Ecotec 1.0 utiliza uma correia dentada que trabalha imensa em óleo. Isso resulta em funcionamento mais silencioso do motor e sua troca é prevista apenas com 240 mil quilômetros. Esse novo motor permitiu, segundo a GM, a redução do custo com revisões em 8%. Até os 60 mil quilômetros elas são feitas a cada 10 mil km, não mais a cada 5 mil. Tanto bloco como cabeçote são de alumínio. A versão turbo recebe duplo comando de válvulas variável. Para o motor aspirado a GM ainda segura algumas informações.


Sedã Onix Plus ficou 19,4 cm mais longo que o antigo Prisma e mede agora 4,48 cm. Versões mais equipadas recebem central multimídia com tela de 7 polegadas e carregador de celular por indução, sem fio

Para reduzir as vibrações típicas de projetos de três cilindros a GM adotou um volante de motor com dupla massa. O virabrequim deslocado facilita o movimento de descida dos pistões após a ignição e melhora a eficiência do motor. O Ecotec 1.0 turbo é até 21% mais econômico que o motor 1.4.

A injeção de combustível é multiponto convencional. A opção aspirada tem 10,6 kgf.m de torque e a turbo, 16,8 kgf.m. As medições de consumo realizadas pelo Inmetro indicam que este é o motor 1.0 turbinado mais econômico dos carros à venda no País.

Com gasolina, faz 17 km/l na estrada e 13,7 km/l na cidade. Usando etanol são 12,2 km/l em rodovia e 9,6 km/l em uso urbano. A aceleração de zero a 100 km/h ocorre em 9,7 segundos. A turbina é nacional e fornecida pela Garrett. A General Motors manteve as caixas de câmbio do carro anterior. Tanto a manual como a automática têm seis marchas.

NOVA CARROCERIA


Segundo a General Motors, o novo Onix Plus recebeu 17% mais aços de alta resistência como forma de aumentar a rigidez torcional e a segurança. Com seis airbags de série, recebeu cinco estrelas no Latin NCap. O motor de três cilindros pesa 15 quilos a menos e as novas suspensões permitiram economia de outros seis quilos. O aumento da distância entre eixos em 7,2 cm (total de 2,6 metros) ampliou o espaço para os joelhos de quem vai atrás em 3,6 cm.

A GM alterou o porta-malas para facilitar o acesso de objetos grandes deslocando as alças de articulação em direção às laterais, mas a capacidade total foi reduzida de 500 para 469 litros. Ou seja, encolheu em volume o equivalente a uma mala de viagem pequena.

DO BASICÃO AO COMPLETO Entre o LT 1.0 aspirado e o LT 1.0 turbo há também a versão 1.0 turbo automática, que provavelmente terá como alvo as vendas na modalidade PcD, com isenção de impostos para portadores de deficiência ou doenças que afetem a mobilidade.

Também recebe ar-condicionado, direção com assistência elétrica, seis airbags, assistente de partida em rampa, controles de estabilidade e tração, mais entradas USB dianteira e traseira. A opção topo de linha Premier se destaca por alguns itens incomuns em sedãs abaixo dos médios. Começa em R$ 73.190. A versão básica recebe rodas de liga leve de 16 polegadas, faróis do tipo projetor, luzes de posição e lanternas com LEDs, mais bancos com revestimento misto. Por R$ 3 mil o Premier passa a ter ar-condicionado digital, alerta de ponto cego, assistente de estacionamento automático, bancos com revestimento premium e interior preto e caramelo, que pode ser trocado por preto e cinza. Antes do Onix Plus, o alerta de ponto cego e o assistente de estacionamento só eram itens comuns a carros acima de R$ 100 mil.


Porta-malas perdeu 31 litros e tem agora 469 l, mas a GM ampliou a distância entre as articulações da tampa, o que melhora a acomodação de bagagens. Espaço para os joelhos no banco traseiro aumentou 3,6 cm

Veja abaixo as versões, preços e principais itens do Onix Plus:


LT 1.0 – R$ 54.990. Principais itens de série: 6 airbags, assistente de partida em rampa, controles de estabilidade e tração, entradas USB dianteira e traseira. Opcionais: abertura de porta e partida do motor sem chave, acendimento automático dos faróis, câmera de ré, carregador sem fio para celular, Wi Fi, On Star, faróis de neblina e rodas de liga leve. Completo: R$ 58.990.

1.0 turbo automático – R$ 58.790. Principais itens de série: 6 airbags, assistente de partida em rampa, controles de estabilidade e tração, entradas USB dianteira e traseira, rádio.

LT 1.0 turbo – R$ 61.190. Principais itens de série: faróis de neblina, rodas de liga leve de 15 polegadas, On Star e Wi Fi.

LT 1.0 turbo automático – R$ 66.490. Principais itens de série: controlador automático de velocidade e volante de couro.

LTZ 1.0 turbo – R$ 65.790. Principais itens de série: abertura da porta e partida do motor sem chave, acendimento automático dos faróis, câmera de ré e carregador de celular sem fio.

LTZ 1.0 turbo automático – R$ 70.990. Principais itens de série: controlador automático de velocidade e volante de couro.

Premier 1.0 turbo automático – R$ 73.190. Principais itens de série: rodas de liga leve de 16 polegadas, faróis do tipo projetor, luz de posição e lanternas de LEDs, bancos de revestimento misto (couro e tecido). Opcionais: alerta de ponto cego, ar-condicionado digital, assistente de estacionamento automático, bancos de couro, interior preto e caramelo ou preto e cinza. Completo: R$ 76.190.



Tags: Chevrolet, Onix Plus, Ecotec, GM, On Star, Carlos Zarlenga.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência