Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Preço dos carros no Brasil tende a aumentar nos próximos anos
Roberto Barros apresenta no ABPLAN 2020 estudo da IHS Markit sobre a evolução preço do médio dos carros no Brasil: cada vez mais caro e de difícil aquisição

Mercado | 22/08/2019 | 16h51

Preço dos carros no Brasil tende a aumentar nos próximos anos

Estudo da consultoria IHS Markit mostra valor médio de R$ 75 mil hoje, com crescimento de 20% acima da inflação de 2013 a 2018

REDAÇÃO AB

Os consumidores que estão pensando em comprar um automóvel nos próximos dois anos devem levar essa possibilidade mais a sério. Estudo da IHS Markit indica que o preço do médio carro no Brasil aumentará de forma mais acentuada a partir de 2022, de acordo com dados levantados pela consultoria e apresentados no Workshop Planejamento Automotivo ABPLAN 2020, realizado por Automotive Business na segunda-feira, 19, no WTC Events Center em São Paulo.

O preço do automóvel médio brasileiro hoje gira em torno dos R$ 75 mil. Segundo Roberto Barros, consultor da IHS, o valor cresceu em torno de 20% acima da inflação nos cinco anos compreendidos entre 2013 a 2018.

Contribuíram para isso vários fatores, como a adoção de mais equipamentos por conta da legislação, fim de incentivos fiscais e oferta crescente de recursos de conforto, como câmbio automático, presente agora em cerca da metade da produção brasileira.

Também houve mudanças do mix de produtos no País. Para determinar o avanço dos preços de automóveis entre 2013 e 2018 a IHS levou em consideração a maior oferta de utilitários esportivos nas linhas de cada marca. Sabidamente mais caros do que hatches e sedans, atualmente os SUVs respondem por cerca de um quarto do mercado brasileiro de automóveis, contra fatia de 10% em 2013.

Outro importante aspecto que acelerou os aumentos no período foi a alta ociosidade nas linhas de montagem. “Na média, a taxa de ocupação ficou em apenas 54% no auge da crise, bem abaixo dos 67% que consideramos ideal para que as empresas não se vejam obrigadas a repassar custos para o cliente final”, diz o consultor, que já identifica taxa de ocupação acima de 60% este ano.

ESTABILIDADE E NOVA ALTA EM 2022



Exatamente por causa da redução da demanda, aponta o estudo da IHS, nos últimos 15 meses os aumentos têm apenas acompanhado a inflação. Comportamento semelhante, revela a consultoria, deve ser verificado no transcorrer de 2020 e 2021. “Isso se o governo não encontrar maiores dificuldades pela frente, o que poderia influenciar esses números.”

Esse quadro, contudo, tende a ser alterado com a chegada de novos veículos que atendam os padrões técnicos de eficiência energética e adoção de sistemas de segurança estabelecidos no Rota 2030. O programa exigirá a incorporação de equipamentos nos veículos e as montadoras tenderão a repassar os custos, inclusive do desenvolvimento de soluções que propiciem maior eficiência dos motores, ao cliente final.

Barros espera que já em 2022 o valor médio dos carros no Brasil esteja até acima dos R$ 85 mil.

A atual relação entre o valor do carro médio e o salário mínimo coloca o Brasil entre os países onde a aquisição de um automóvel é um sonho de difícil concretização. A IHS afirma que, para comprar um carro médio, o brasileiro necessita do dinheiro acumulado em 145 meses, enquanto nos Estados Unidos são 15 meses, 24 meses no Japão, 25 na França e 35 na Espanha. Até na Argentina o consumidor precisa de menos tempo: 142 meses. “Ganhamos apenas do México, onde a compra do carro médio demanda o salário de 190 meses.”



Tags: Preço do carro, IHS Markit, consultoria, estudo, projeção, Workshop Planejamento Automotivo 2020, ABPLAN 2020.

Comentários

  • RenatoWagner Vieira

    Absurdoisso. Este tipo de estudo leva em consideração, o que ? Hoje o automóvel é o segundo bem mais caro, atras apenas de uma casa. Então imagina isso, e agora tem este tipo de reportagem, em outros países os valores são bem inferior e com alta tecnologia.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência