Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Com Cruze, Chevrolet alcança nota máxima de segurança pela primeira vez
Chevrolet Cruze é o primeiro carro da GM a atingir pontuação máxima em segurança em testes do Latin NCAP

Segurança | 21/08/2019 | 16h30

Com Cruze, Chevrolet alcança nota máxima de segurança pela primeira vez

Toyota Hilux mantém cinco estrelas e Nissan Frontier fica com quatro em testes do Latin NCAP

REDAÇÃO AB

Pela primeira vez, um modelo da Chevrolet/GM alcançou a nota máxima em segurança em testes de colisão realizados pelo Latin NCAP, Programa de Avaliação de Veículos Novos para a América Latina e o Caribe, que divulgou na quarta-feira, 21, novos resultados de crash test tanto para o Cruze quanto para as picapes Toyota Hilux e Nissan Frontier (veja vídeos abaixo). Todos os testes foram patrocinados, que é quando a própria montadora oferece o carro para o crash test: conforme as regras de patrocínio, o carro é escolhido aleatoriamente por representante do Latin NCAP e a montadora arca com os custos.

Representada por cinco estrelas, a nota máxima atribuída ao Cruze, que é produzido na Argentina, assegura sua eficácia na segurança de ocupantes adultos. Já para a segurança de crianças, o modelo manteve a classificação de quatro estrelas. O modelo já tinha sido avaliado pelo programa em 2018, quando alcançou quatro estrelas tanto na proteção de adultos quanto para crianças. Naquela ocasião, não foi realizado o teste de impacto lateral de poste porque o veículo não oferecia airbags de cortina como item de série. Pelo protocolo atual do Latin NCAP, este teste é necessário para alcançar as cinco estrelas. Desde 21 de maio, o Cruze vem sendo produzido com seis airbags de série e também ESC (controle eletrônico de estabilidade).

Para a segurança de crianças, o Cruze foi considerado bom em termos gerais, só não alcançando a nota máxima porque a sinalização das ancoragens Isofix não atende os requisitos do Latin NCAP. Além disso, de acordo com o programa, o modelo deve ser melhorado para a proteção oferecida a crianças de três anos no impacto frontal.



PICAPES SEGURAS


O Latin NCAP também apresentou os resultados de testes de Toyota Hilux/SW4 e Nissan Frontier, ambas nas versões cabine dupla.

Fabricadas na Argentina e Tailândia, a Hilux e o SW4 renovaram suas cinco estrelas alcançadas em um teste realizado em 2015 tanto para ocupantes adultos como para ocupantes infantis. No teste atual, com protocolo mais rigoroso nos impactos frontal e lateral, a Toyota decidiu atualizar o modelo com mais equipamentos de segurança e por isso os veículos alcançam a nota máxima ao oferecer sete airbags de série (três frontais, dois laterais e dois de cortina) além do ESC.

Já a Nissan Frontier, produzida na Argentina e no México, e também conhecida como NP300 Navara no Chile, pontuou com quatro estrelas para ocupantes adultos e crianças. O modelo possui dois aribags frontais e ESC como itens de série. Em sua avaliação, o Latin NCAP aponta que a estrutura do veículo foi classificada até o limite como instável, embora haja uma boa projeção e desenvolvimento por trás que poderia ser melhorada, segundo o relatório.

O veículo não passou por teste de impacto lateral de poste pela falta de proteção lateral para a cabeça (airbag de cortina). Além disso, a impossibilidade de desconectar o airbag do passageiro bem como o nível de proteção oferecida para crianças de três anos limitaram o veículo a receber a pontuação máxima.


Crash test Chevrolet Cruze: velocidade de impacto frontal a 64 km/h, impacto lateral a 50 km/h e impacto lateral de poste a 29km/h



Crash test Toyota Hilux/SW4: velocidade de impacto frontal a 64 km/h, impacto lateral a 50 km/h e impacto lateral de poste a 29km/h



Crash test Nissan Frontier/Navara: velocidade de impacto frontal a 64 km/h e de impacto lateral a 50 km/h



Tags: Segurança, teste de colisão, Latin NCAP, Hilux, Cruze, Frontier, Nissan, Chevrolet, Toyota.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência