Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
BMW, Ford, Honda e VW concordam em produzir carros menos poluentes nos EUA

Internacional | 29/07/2019 | 19h03

BMW, Ford, Honda e VW concordam em produzir carros menos poluentes nos EUA

Coalizão de 13 estados liderada pela Califórnia quer política nacional de emissões

REDAÇÃO AB

Quatro grandes fabricantes de veículos – BMW, Ford, Honda e Volkswagen – concordaram voluntariamente em produzir veículos mais eficientes e menos poluentes a partir do chamado de uma coalizão formada por 13 estados dos Estados Unidos que planeja continuar com reduções anuais das emissões de gases poluentes em veículos de passeio e comerciais leves até 2026, em uma proposta que se opõe ao que planeja o governo de Donald Trump.

Pelo acordo, as montadoras preveem melhorar a eficiência energética média (consumo) de sua frota em 3,7% ao ano em seus modelos fabricados a partir de 2022. Com isso, as empresas aumentariam a economia média de combustível das novas frotas para quase 21 quilômetros por litro em 2026.

“A Califórnia e uma coalizão de estados juntamente com essas fabricantes estão liderando a busca por políticas inteligentes que tornam o ar mais limpo e seguro para todos. Agora peço ao restante da indústria automobilística que se junte a nós e que o governo (Donald) Trump adote este compromisso em vez de buscar mudanças regressivas das normas”, declarou em nota o governador da Califórnia, Gavin Newsom.



O impasse foi gerado em outubro de 2017, quando o governo Trump anunciou que excluiria de seu governo o Plano de Energia Limpa, proposto pela gestão de seu antecessor, Barack Obama. O programa exigia que os estados cumprissem padrões específicos para reduzir as emissões de CO2. Em agosto de 2018, foi proposto dentro desse plano um acordo que estabelecia um programa nacional para limitar as emissões de veículos entre 2012 e 2025, reduzindo as emissões em cerca de 540 milhões de toneladas e totalizando a retirada de 422 milhões de carros as estradas.

O governador Newsom acrescentou que o acordo incentiva a inovação e acelera a transição da frota para veículos elétricos, estimulando a indústria a investir em novas tecnologias de propulsão. A presidente do conselho de recursos aéreos da Califórnia, Mary Nichols, alertou em um comunicado que seu estado continuará trabalhando com as montadoras para implementar esses princípios de eficiência energética e reduzir as emissões de gases, embora "a Casa Branca discorde".

No mês passado, 17 montadoras, incluindo algumas estrangeiras, pediram à Casa Branca e à Califórnia que trabalhassem juntas em um padrão nacional de emissões, alertando que as incertezas colocam o mercado local em risco.



Tags: BMW, Ford, Honda, VW, emissões, Estados Unidos, eficiência energética.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência