Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Fenatran 2019 pode gerar R$ 4 bilhões em intenção de compra

Eventos | 24/05/2019 | 20h36

Fenatran 2019 pode gerar R$ 4 bilhões em intenção de compra

Valor é o mesmo registrado na edição anterior, em 2017

SUELI REIS, AB

A Fenatran 2019, edição deste ano da maior feira do segmento de transporte de carga da América Latina, deve gerar R$ 4 bilhões em valor de intenção de compra, o mesmo volume registrado na última edição, realizada em 2017. Apesar disso, a Reed Exhibitions Alcântara Machado, organizadora do evento, estima que esta deverá ser a maior edição já realizada da feira que reúne toda a cadeia de caminhões. O evento será realizado entre 14 e 18 de outubro do São Paulo Expo.

Segundo o vice-presidente da Reed, Paulo Octávio Pereira, 400 marcas já confirmaram presença: “A expectativa é de que consigamos ultrapassar esse número de marcas e chegar a 420 ou 430, mas já é uma certeza de que será a maior Fenatran”, afirmou na sexta-feira, 24, em São Paulo, durante evento de lançamento do evento.

Com 100% dos mais de 90 mil metros quadrados ocupados para a feira, entre as montadoras de caminhões, apenas a Ford e a Agrale não participarão da mostra. “A Ford não estará conosco, todos sabem, por motivos óbvios”, disse o diretor de portfólio de mobilidade da Reed, Leandro Lara, se referindo ao anúncio de fechamento da operação de caminhões da marca, anunciado pela montadora em fevereiro. As confirmadas são: DAF, Iveco, Mercedes-Benz, PSA (Peugeot Citroën, com comerciais leves), Scania, Volkswagen Caminhões (MAN) e Volvo.

Lara explica que nesta edição a Fenatran será focada nos pilares: exposição, geração de negócios, conteúdo e experiências. Entre as atrações, a feira trará de volta o Fenatran Experience, test-drive de caminhões que será feito na área externa do São Paulo Expo. A última vez em que a Fenatran contou com essa atividade foi na edição de 2013. Por enquanto, as marcas confirmadas para os testes são Citroën, Mercedes-Benz, Peugeot e Scania.

O projeto New Mobility, lançado no Salão do Automóvel de São Paulo em 2018 que consistem em uma arena de conhecimento com apresentações e debates de temas relevantes para o setor ganhará uma versão para a Fenatran como New Mobility Logistics, com discussões sobre as novas soluções e tecnologias para o setor de mobilidade e transporte urbano.

A feira também contará ainda outros eventos simultâneos, como a Movimat, Salão Internacional de Logística Integrada, que é incorporada à Fenatran pela segunda edição consecutiva, além do Congresso SAE Brasil, que está em sua 28ª edição com o tema Veículos e Vias Inteligentes - O Caminho para a Mobilidade Sustentável. O congresso deste ano será presidido por Christopher Podgorski, presidente e CEO da Scania América Latina.

“Estamos animados com a Fenatran. Vejo com otimismo esse momento de crescimento do mercado, embora seja moderado, mas se trata de crescimento. Este ano o mercado de caminhões deve chegar às 88 mil unidades vendidas contra as 76 mil de 2018. Para a Fenatran, teremos grandes surpresas nesta edição. Já vimos o que acontece no transporte da Europa e teremos novidades equivalentes aqui no Brasil em termos de produtos, serviços, tecnologia e conectividade”, disse o presidente da Anfavea, Luiz Carlos de Moraes.

Já Norberto Fabris, presidente da Anfir, associação que reúne os fabricantes de implementos, comemora o aumento de 80% de ocupação de área entre suas associadas. “Nesta edição da Fenatran, nossa expectativa é de que tenhamos um volume maior de negócios com relação ao que foi em 2017”.

Segundo a organização, o credenciamento para a feira começará em agosto.



Tags: Fenatran, Fenatran 2019, negócios, feira, evento, intenção de compra, B2B.

Comentários

  • Wilton

    Esperoestar presente esse ano.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência