Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Produção de motos cresce apenas 5,8% no quadrimestre

Indústria | 09/05/2019 | 19h51

Produção de motos cresce apenas 5,8% no quadrimestre

Queda nas exportações à Argentina também impacta o setor de duas rodas

MÁRIO CURCIO, AB

A produção de motos em Manaus (AM) somou 91,2 mil unidades em abril, registrando pequena queda de 0,3% na comparação com março. No acumulado do ano o setor se mantém em crescimento, mas de apenas 5,8%, com 368,1 mil unidades montadas no período. Os números foram divulgados pela Abraciclo, entidade que reúne os fabricantes do setor.



- Faça aqui o download dos dados da Abraciclo
- Veja outras estatísticas em AB Inteligência



Embora em proporção diferente à do setor automotivo, a queda nas exportações também afeta as empresas de Manaus. Apesar de as vendas no atacado terem crescido 15,5% no quadrimestre (com 360,9 mil motos) e os emplacamentos, 16,8% (352 mil unidades), a produção total subiu menos de 6%.



Isso ocorre porque as vendas ao exterior já caíram 52,3% pela comparação interanual. Foram apenas 14,3 mil motos exportadas no primeiro quadrimestre, ante 30 mil em igual período de 2018. Assim como para a indústria automobilística, a Argentina também é o principal destino das motos brasileiras. São 44% de participação.

Por causa da crise que afeta o país vizinho a Abraciclo revisou um mês atrás a projeção anual de exportações de 49 mil para 40 mil unidades. Do início da década até 2017 os embarques anuais equivaliam a um mês de venda interna. Em 2019 darão menos de uma quinzena.



Tags: Motos, motocicletas, Abraciclo, produção, emplacamentos, exportação.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência